Conectado por

Aripuanã

ARIPUANÃ: Seluir Peixer assume mandato se comprometendo implantar uma gestão de planejamento e de ações executáveis


Compartilhe:

Publicado por

em

Dia 1º de janeiro de 2021 vai ficar marcado na história da política de Aripuanã. Isso porque foi o dia em que uma mulher assumiu pela primeira vez o comando da gestão municipal. A cerimônia de posse da primeira prefeita, Seluir Peixer Reghin (PSDB) e do vice-prefeito, Luciano Vasconcelos da Costa (Patriotas), mais conhecido como “Luciano da Panjet”, foi realizada nesta sexta-feira no Centro de Educação Continuada Dardanellos.

“O sentimento é muito grande, eu só posso retribuir. Quando não estou com as pessoas para fazer esse agradecimento eu faço em pensamento a Deus. Agora precisamos retribuir com ações e trabalho, ouvindo, trabalhando com a Câmara de Vereadores e com a comunidade, ouvir o anseio das pessoas para ver se vem de encontro com o plano de governo da gestão pública”, pontuou Seluir.

A solenidade contou com a presença de autoridades, empresários, comerciantes e população em geral. O ex-prefeito Adir Vieira, que assumiu o comando da gestão no fim de mês de julho de 2020, após a cassação de Jonas Canarinho (PSL), também participou da cerimônia de posse. Ele fez um balanço do trabalho realizado durante sua administração e comentou sobre as expectativas dessa nova fase da gestão pública.

“Sabemos que o que cabia a nós neste curto período de tempo nós fizemos, desenvolvemos projetos, demos continuidade ao que já estava em andamento. O município de Aripuanã nunca teve um saldo positivo como o que entregamos aqui hoje. Entregamos aproximadamente R$ 80 milhões em conta. Deste montante, R$ 11 milhões já estão lotados para Secretaria de Infraestrutura, sobrando em caixa aproximadamente R$ 69 milhões. Esse dinheiro é livre e fica a disponibilidade da prefeita para que ela desenvolva projetos para o bem estar da população”, explicou.

Seluir enxerga esses recursos em caixa de forma bastante positiva, mas alertou que é preciso ter um bom planejamento para que esse dinheiro seja aplicado de forma inteligente

“Precisamos planejar para executar e fazer um trabalho bem feito. Recursos nós já temos um pouco, mas precisamos fazer um planejamento levando em consideração o que é prioridade e o que é emergencial para que esses recursos venham ser bem investidos no município”, disse Seluir.

Adir Vieira também falou sobre alguns projetos ligados a Secretaria Municipal de Infraestrutura que estão em andamento na cidade.

“Muitos projetos estão em desenvolvimento, principalmente quando nós falamos aqui sobre a questão da mobilidade urbana, como o asfalto dentro da cidade. Fizemos levantamento para 11 quilômetros de asfalto, mas não deu tempo dessa obra ser licitada. Fizemos também levantamento de meio-fio, são 19 km de meio-fio. Temos também o asfalto lá do Distrito de Conselvan, esse já foi licitado e pago, são 8 quilômetros de asfalto naquela comunidade. Além de todas essas obras eu acredito que ela (Seluir) também vai dar continuidade a outros projetos, como por exemplo, a reforma da feira que já foi licitada e paga”, comentou.

Outras duas questões lembradas por Adir Vieira foram os problemas com a falta de moradia e a precariedade da estrutura de distribuição de água do município. É importante ressaltar que em dezembro do ano passado, o município firmou parceria com o MT PAR(Mato Grosso Participações e Projetos S/A) para construção de 386 unidades habitacionais. No acordo, a gestão ficou responsável de disponibilizar a área, o estado entra com a implementação de toda a rede de infraestrutura e o Governo Federal, via Caixa Econômica, libera o financiamento para construção das residências.

“Sobre a questão da moradia, eu tenho certeza que ela (Seluir) vai dar continuidade com o projeto do MT PAR, que é uma parceria firmada com o Governo do Estado. Tem também a questão do bairro Nova Jerusalém, a qual já fizemos todos os trâmites legais, esse é um processo que já vem da gestão anterior que demos continuidade. Agora, quando falamos da questão principal do município, que é a água, também temos o projeto no valor de R$ 7,3 milhões para que se construa uma nova estação de tratamento de água em Aripuanã, que deve atender cerca de 40 mil famílias no mínimo. O projeto já deve ser licitado neste mês de janeiro”, informou Adir.

Seluir Peixer explicou que pretende sim trabalhar na área da infraestrutura da cidade, mas também ressaltou que o setor de saúde pública também precisa de atenção.

“Nós precisamos reestruturar a Secretaria de Infraestrutura, mas também precisamos modernizar a Secretaria de Saúde. Temos que fazer com que a saúde realmente chegue perto de nós, não ficarmos encaminhando as pessoas para serem tratados em outros municípios que já são referência. Nós temos que fazer essa referência vir para nós e com isso vamos aproximar as pessoas da saúde pública e poder tratá-las dentro do nosso município”, destacou.

Secretariado

Durante a cerimônia de posse, também foram nomeados e empossados toda equipe de secretariado da gestão. Confira quem ficou responsável por cada pasta:

Secretaria Municipal de Governo e Planejamento – Maria das Graças Sombra Teixeira.

Secretaria Municipal de Administração – Andreia Cristina Medeiros Rodrigues.

Secretaria Municipal de Finanças – Karin Rodrigues dos Santos.

Secretaria Municipal de Assistência Social – Maria do Carmo Ferreira Vieira.

Secretaria Municipal de Educação e Cultura – Ermes José dos Reis.

Secretaria Municipal de Infraestrutura – Luciano Aparecido Dimazzi.

Secretaria Municipal de Saúde – Lúcia Helena do Nascimento Silva.

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural – Heiji da Silva Kawatake.

Secretaria de Meio Ambiente, Turismo, Indústria e Comércio – João Reghin Neto.

Seluir explicou que os critérios para escolha dos secretários foram baseados em uma gestão técnica e que atendia o desejo da comunidade.

“Precisamos de pessoas com capacidade de desenvolver um bom trabalho nas secretarias que estão à frente. Trabalharemos com metas e resultados. Se por acaso venham a não corresponder, estarão sujeitos sim a mudança. O nosso município não pode mais esperar, não podemos brincar de alguém aprender, nós temos que fazer com conhecimento e planejamento”, afirmou.

 

(TOP NEWS)