Conectado por

Uncategorized

Secretaria da Cultura entrega revitalização do Beco do Candeeiro em janeiro


Compartilhe:

Publicado por

em

A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) de Cuiabá entrega em janeiro a revitalização do Beco do Candeeiro. Durante a gestão do prefeito Emanuel Pinheiro, a pasta já restaurou mais de 10 equipamentos históricos.

O local foi totalmente restaurado, visando chegar o mais próximo de sua construção original. A pavimentação foi refeita utilizando os mesmos paralelepípedos que ainda estão no espaço. A calçada foi rebaixada, as fachadas das casas restauradas com cores originais e os candeeiros antigos foram colocados com iluminação moderna.

A pasta fez a restauração e/ou revitalização dos equipamentos históricos do Centro de Cuiabá, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – Cidades Históricas, em 2019. Foram restaurados o entorno do Casarão do Beco Alto, praça Senhor dos Passos, praça Largo Feirinha da Mandioca, praça Caetano Albuquerque, praça Dr. Alberto Novis, Museu da Imagem e do Som MISC, chafariz do Mundéu, Obelisco da praça Luis de Albuquerque, estátua de Maria Taquara e primeira etapa de restauração da Casa de Bem-bem.

Outros três projetos aguardam aprovação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) para a continuação de obras de restauração: Casa Procon, Igreja Senhor dos Passos e Casarão da Funai.

Ainda na Pasta de Cultura, o segmento de Patrimônio Histórico possui cadeira fixa no Conselho Municipal de Política Cultural de Cuiabá, para colaborar e fiscalizar ações da gestão para o setor. O segmento aprovou 15 projetos culturais em edital de Fomento, financiado pela Lei Federal Aldir Blanc, coordenado pela Pasta e pelo Conselho.

A Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, em conjunto com a Secretaria de Fazenda trabalham na elaboração de um plano para atrair empresas para o Centro Histórico, oferecendo incentivos fiscais para a permanência e ocupação da região, inclusive com funcionamento noturno.

Já a Secretaria da Gestão, por exemplo, comanda o estudo de viabilidade para revitalização do Mercado Miguel Sutil, mais conhecido como Mercado Municipal. O levantamento deve contar com informações técnicas, econômicas, financeiras e jurídicas que apontem para a viabilidade de execução dos projetos. O resultado também mostrará se há possibilidade para criação de uma parceria público-privada (PPP) para o desenvolvimento das obras.

 Visando colaborar com a segurança pública, visto que não é função do Município atuar nesse sentido, a Empresa Cuiabana Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb) tem trocado as lâmpadas amarelas da cidade pela versão LED na cor branca, que garantem maior luminosidade nas ruas da Capital no período da noite

Olhar Direto