Conectado por

Mato Grosso

Rodovia BR-174 recebe reforço do Dnit no serviço de manutenção

Publicado por

em

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) determinou o reforço das equipes e de maquinários das empresas contratadas para executar os serviços de manutenção na rodovia federal BR-174/MT, entre os municípios de Castanheira, Juruena e Colniza, no interior de Mato Grosso. O trabalho atende a deliberação do Diretor-Geral do DNIT, general Santos Filho, que esteve nesta semana na capital Cuiabá.

As equipes de engenharia vão promover ações emergenciais de manutenção da rodovia não pavimentada, que tem sofrido com fortes chuvas nesta época do ano. Por ordem do DNIT, serão intensificados os serviços de encascalhamento, patrolamento, drenagem e recuperação de pontes de madeira. Após o período chuvoso, as empresas mobilizadas para as ações emergenciais irão seguir realizando os serviços regulares de recuperação da rodovia. Os três contratos devem atender a uma extensão de 363 quilômetros.

Nos pontos críticos da rodovia, as equipes do DNIT, por meio das empresas, têm colocado materiais pétreos e executado ações de melhorias da drenagem as águas. Mais equipes foram acionadas pelo DNIT, e estarão deslocando mais maquinários e profissionais para atuarem no trabalho emergencial na rodovia. Até o final de 2020 devem ser investidos o montante de R$ 30 milhões na execução das ações de manutenção da BR-174/MT.

A BR-174/MT é uma rodovia federal de 1.179,30 km de extensão. Os segmentos mais sensíveis são aqueles não pavimentados, que se localizam no extremo noroeste de Mato Grosso, na divisa com os estados de Rondônia e Amazonas. Nesses segmentos rodoviários, a economia se ancora principalmente na cadeia produtiva da madeira, da pecuária de corte e de grãos. Nesta semana, os profissionais de engenharia do órgão percorreram o trecho não pavimentado da BR-174/MT e conferiram de perto a realidade enfrentada pelos cidadãos.

(OLHAR DIRETO)