Conectado por

Ariquemes

RO: Energisa coloca nova subestação de Bom Futuro para funcionar


Compartilhe:

Publicado por

em

Infraestrutura é a segunda das 13 que estão sendo construídas em 2021 a entrar em operação. Recebeu R$ 56 milhões em investimento e atenderá polo minerador próximo a Ariquemes

A nova subestação de Bom Futuro da Energisa foi parcialmente energizada na sexta-feira (2). A obra começou a ser construída em 2019 e custou R$ 56 milhões em investimento próprio do Grupo Energisa. Vai atender o polo de mineração que existe na região, próximo a Ariquemes. Foi esse trecho que foi ligado, enquanto as equipes da empresa trabalham para finalizar toda infraestrutura da unidade até o fim do mês. Essa é a segunda subestação do cronograma da empresa para 2021 a ser ligada. No total, serão 13 novas estruturas desse tipo entregues esse ano. De acordo com o gerente da Energisa, Filipe Lima, para levar energia de qualidade para a região, foi construído um linhão de quase 80 quilômetros, todo em concreto, passando por uma área rural de difícil acesso, principalmente em tempos de chuva.

“Foi uma obra com muitos desafios e, por isso, mais demorada que as outras. Tivemos até trator atolando nos momentos mais úmidos, mas conseguimos entregar essa primeira etapa dentro do prazo, atendendo uma demanda antiga das empresas da região. Até o fim do mês toda a subestação estará energizada”, afirma.

A coordenadora Comercial da Energisa, Kristiany Brilhante, que trabalha na concessão desde antes de o Grupo assumir a empresa, no fim de 2018, confirma a demanda. “Esse é um pedido antigo das empresas da região que conseguimos atender agora. Com a nova subestação resolvemos um problema de oferta e de qualidade. Teremos energia suficiente para apoiar o desenvolvimento da região”, comemora.

Coube ao coordenador da área de transmissão, Henrique Rodovalho, o sinal para que o Centro de Operações Integradas (COI) da Energisa colocasse a unidade para operar.  O sinal, que foi gravado para ficar na memória da empresa e de Rondônia, aconteceu em Bom Futuro, confirmando também o investimento da Energisa na automação dessa rede e em tecnologia de conexão e internet via rádio. “Temos um investimento elevado em automação e todas as nossas novas unidades contam com religadores e outros sistemas que permitem operação remota”, completa o gerente Filipe Lima.

Assessoria

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento