Conectado por

Acre

Rio Branco tem dia “D” de combate ao mosquito Aedes Aegypti nesta quarta-feira


Compartilhe:

Publicado por

em

A prefeitura de Rio Branco realiza nesta quarta-feira, 27, o dia “D” de combate ao mosquito Aedes Aegypti. Alguns pontos da capital acreana são alvo da ação desde as 8 horas de hoje. A mobilização do município decorre do risco de surto e epidemia de dengue, zika e chikungunya, doenças provenientes da infestação do mosquito.

A gestão municipal acredita que combater o mosquito é uma responsabilidade de todos. Por isso, haverá uma palestra sobre Educação em Saúde na escola João Paulo I, situada no bairro João Eduardo. Também terá arrastões nos bairros Vila Acre e Cadeia Velha, com concentrações de agentes de saúde no auto posto Acauã e no Senai.

Ainda hoje haverá uma vistora na sede da prefeitura e no Comando Geral da Polícia Militar do Acre, centro de Rio Branco. A ação ocorre por meio da secretaria municipal de saúde.

O último Levantamento Rápido do Índice de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), divulgado em novembro de 2019, revelou que Rio Branco é uma das milhares de cidades do país com risco de surto e epidemia de dengue, zika e chikungunya, doenças provenientes da infestação do mosquito Aedes aegypti.

A capital acreana ficou classificada com o número 9,32 da tabela, o que representa um dado preocupante para a secretaria municipal de saúde. Para conter esse risco, a prefeitura antecipou a campanha de combate ao mosquito, que geralmente só inicia no mês de janeiro.

Medidas de prevenção e combate ao Aedes Aegypti:

– Manter bem fechado caixas d’água, tonéis, bacias e barris de água;

– Lavar semanalmente com água e sabão tanques e caixas d’água utilizados para armazenar água;

– Remover galhos e folhas de calhas;

– Não deixar água acumulada sobre a laje;

– Encher pratinhos de vasos com areia até a borda ou lavá-los uma vez por semana;

– Trocar água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por semana;

– Colocar lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas;

– Fechar bem os sacos de lixo e não deixar ao alcance de animais;

– Manter garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo;

– Acondicionar pneus em locais cobertos;

– Fazer sempre manutenção de piscinas;

– Tampar ralos;

– Colocar areia nos cacos de vidro de muros ou cimento;

– Não deixar água acumulada em folhas secas e tampinhas de garrafas;

– Vasos sanitários externos devem ser tampados e verificados semanalmente;

– Limpar sempre a bandeja do ar condicionado;

– Lonas para cobrir materiais de construção devem estar sempre bem esticadas para não acumular água;

– Catar sacos plásticos e lixo do quintal.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *