Conectado por

Acre

Residentes em Rio Branco podem receber ligação da Saúde para pesquisa Vigitel

Publicado por

em

Continua após a publicidade

A partir de ontem, 8 de janeiro, acreanos e demais brasileiros acima de 18 anos que moram em Rio Branco ou uma das 26 capitais do país, além de Brasília, poderão receber uma ligação do Ministério da Saúde e participar da principal pesquisa no país que mede os fatores de risco e de proteção para doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes, cânceres, obesidade, doenças respiratórias e relacionadas ao coração – principais causas de mortes no país.

É o início da pesquisa Vigitel 2020 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), realizada todos os anos pelo Ministério da Saúde. A expectativa é ouvir cerca de 27 mil pessoas somente no primeiro semestre.

As entrevistas telefônicas são realizadas anualmente em amostras da população adulta (18 anos ou mais) residente em domicílios com linha de telefone fixo. Inicialmente, são sorteados números telefônicos fixos a partir de bases de cadastros existentes nas capitais do país, cedidos pelas empresas telefônicas. A próxima etapa é identificar, entre as linhas sorteadas, aquelas que são elegíveis, ou seja, que estão disponíveis e aptas para responder a pesquisa.

AC24HORAS