Conectado por

Acre

Relatório de exames confirma que não houve casos da Doença de Chagas relacionados ao Açaí


Compartilhe:

Publicado por

em

Dos 3.511 exames parasitológicos realizados pela secretaria Municipal de saúde – SEMSA, para detectar a doença de Chagas em consumidores de açaí em Rio Branco, nenhum apresentou resultado positivo. Dos 640 exames sorológicos, um foi confirmado, mas já figurava como positivo pra Doença de Chagas Crônica desde 2011. A diretora do Departamento de Vigilância Epidemiológica da SEMSA, Maria Socorro Martins de Souza, explica que duas pessoas continuam realizando exames de caráter confirmatório para Doença de Chagas Crônica.

A SEMSA por meio de chamamento público, realizou os exames parasitológicos e sorológicos no período de 04/02 a 21/02/2019, para Doença de Chagas nos indivíduos que haviam consumido açaí comercializado no Mercado Elias Mansur entre os meses de outubro de 2018 a fevereiro de 2019.

Nesse período foram realizados 3.511, exames parasitológicos utilizando-se da técnica de gota espessa, bem como, 640 exames sorológicos por meio do método Elisa – IgG e Imunofluorecência – IgM, num total de 4.151 exames realizados nos indivíduos que procuraram o serviço de diagnóstico laboratorial na rede pública de Rio Branco.

Socorro Martins ressalta que “nenhum exame apresentou resultado positivo para Doença de Chagas Aguda, que, pudesse ter relação com o consumo de açaí exposto e comercializado no Mercado Elias Mansur no período respectivo”, conclui ela.

Sandra Assunção/DECOM