Conectado por
Governo de Rondônia

Geral

Relatório da World Trade Centers Association identifica propulsores essenciais que capacitam as cidades para atuar como centros de estabilidade econômica e crescimento em meio a políticas instáveis

Publicado por

em


Continua após a publicidade

A World Trade Centers Association (WTCA) divulgou seu primeiro “Relatório de Comércio Exterior e Investimento da WTCA: Conexões Globais, Crescimento Local” (“WTCA Trade & Investment Report: Global Connections, Local Growth“) em um evento privado nos Escritórios do Grupo de Política Externa (FP – Foreign Policy). O relatório, preparado em parceria com a FP Analytics, revela que as cidades estão posicionadas para liderar nesses tempos de tumulto geopolítico, por se focar em redes de grupos de interesse, capital humano e infraestrutura de conexão.

De acordo com o estudo, 71% das afiliadas da WTCA pesquisadas acreditam que uma disrupção significativa em comércio exterior e investimento irá provavelmente ocorrer neste ano, com investimentos adiados, em meio à incerteza econômica global. Outras conclusões essenciais incluem:

  • Executores urbanos de alto desempenho criam cidades sem fronteiras: parcerias estratégicas entre grupos de interesse globais e locais são fatores habilitadores fundamentais para as cidades que competem por Investimento Estrangeiro Direto (IED) e buscam expandir o acesso de empresas locais a novos mercados. Cidades com afiliadas da WTCA atraem, em média, IED per capita a uma taxa duas vezes maior do que a do país e exportam bens a uma taxa 1,55 vezes maior do que o nível nacional, per capita. Esses prósperos destinos de IED também são máquinas de criação de empregos, com cada 1 bilhão em IED anual sendo associado a participação da força de trabalho 1,5% maior.
  • Aviões, cérebros e conectividade: infraestrutura sólida, força de trabalho qualificada e conectividade digital constituem os elementos básicos essenciais que diferenciam e fortalecem a competitividade relativa das cidades. Para cada 1.000 passageiros que transitam pelos aeroportos, pode-se esperar um aumento de US$ 7,3 milhões do PIB local e um aumento de US$ 30 mil em ingressos de IED. Além disso, acrescentar apenas 1.000 pessoas com educação superior à população de uma cidade representa um aumento de US$ 381 mil em ingressos de IED. Entre as cidades com penetração da internet abaixo da média (menos de 54,5%), cada aumento de 10 pontos percentuais em penetração da internet nas residências foi associado à aceleração do crescimento do PIB em mais de metade de um ponto percentual.
  • Pequenas empresas são grandes negócios: as PMEs impulsionam o crescimento local e o emprego, constituindo de 50% a 60% do valor agregado e 70% dos empregos na OCDE. Ainda assim, a participação das PMEs empenhadas em comércio internacional é, tipicamente, menor que 10%, realçando a importância de serviços de apoio ao comércio exterior – como os que são oferecidos às afiliadas da WTCA – para liberar seu potencial e torná-las uma força econômica multiplicadora para as cidades.

“Essas constatações mostram que as afiliadas da WTCA se mantêm familiarizadas com as economias locais e também podem oferecer ótimas percepções sobre as questões que impactam as comunidades maiores de comércio exterior e investimentos”, disse o presidente-executivo da WTCA, Scott Ferguson. “Ao alavancar nossa rede global, as afiliadas ajudam a integrar suas cidades de domicílio no mercado internacional, o que pode gerar um profundo efeito positivo na força e resiliência da economia, por atrair investimentos estrangeiros diretos, aumentar as exportações e gerar empregos”.

Os resultados do relatório completo estão disponíveis para download em www.WTCAReports.org.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *