Conectado por

Economia

Recupere créditos com o protesto extrajudicial


Compartilhe:

Publicado por

em

O protesto extrajudicial de títulos e documentos de dívida é o instrumento mais célere e eficaz para a recuperação de créditos. Rápido, porque a pessoa que deu causa ao inadimplemento da obrigação é intimada a quitar o débito em até três dias úteis após a apresentação do documento junto ao cartório ou de forma online e, eficaz, devido ao fato de que 65% dos títulos são pagos dentro desse período.

Outro fator determinante e que contribui para a utilização do protesto é o fato de o ato ser gratuito para o credor, ou seja, não precisa pagar os emolumentos do cartório, os quais são de responsabilidade do devedor.

Em Mato Grosso, o Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil Seção Mato Grosso (IEPTB-MT) e os 79 Cartórios de Protesto do Estado tem ajudado a alavancar a economia local. Isso porque eles têm firmado convênios com empresas e órgãos públicos, o que vem refletindo na redução da inadimplência das instituições parceiras.

“É muito gratificante saber que nosso trabalho tem proporcionado aos nossos parceiros elevado grau de satisfação, pois, por meio do protesto de títulos e documentos de dívida, estão conseguindo recuperar seus créditos de forma rápida e sem burocracia. Vale lembrar que o protesto é legal e está previsto na Lei Federal 9492/97, além de ser fiscalizado pelo Poder Judiciário, cujo ato é praticado por tabelião de protesto, pessoa dotada de fé pública, ou seja, ao credor é ofertada toda segurança jurídica que precisa para recuperar seu dinheiro”, destaca a presidente do Instituto de Protesto, Velenice Dias.

Em Mato Grosso, são parceiros do IEPTB-MT os Conselhos Regionais de Administração; Economia, Medicina; Enfermagem; Corretores de Imóveis, Psicologia; Tribunais de Justiça e do Trabalho; Procuradoria-Geral do Estado; Procuradoria da Fazenda Nacional; Ordem dos Advogados do Brasil Seção Mato Grosso; condomínios; empresas de contabilidade; imobiliárias; associações comerciais e empresariais; cooperativas de crédito; dentre outros.

Interessados em obter informações sobre convênio para protesto de títulos e documentos de dívida devem entrar em contato com o Instituto de Protesto pelos telefones (65) 3621-3046/99612-7651 ou pelo e-mail [email protected].

FONTE: ASSESSORIA