Conectado por

Agronegócios

Quebra na safra de soja chega a 63%

Publicado por

em

Um levantamento feito pelo Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB) aponta que os principais estados produtores de soja somaram quebra de 63% na safra 19/20. O Rio Grande do Sul teve o pior desempenho. O estado caiu de 19,1 milhões de toneladas para 10,8 milhões de toneladas, ou 43,4% a menos na média mas algumas regiões chegaram a registrar de 54% a 63% menos. O problema se deu pela falta de chuvas, com estiagem severa.

Continua após a publicidade

Já em outros estados o clima também prejudicou, com oscilações entre falta e excesso de chuvas no período. No Paraná e em Mato Grosso do Sul as quebras oscilaram entre 40% e 46% em algumas regiões dos estados. No Maranhão e Bahia a deficiência hídrica gerou decréscimo de 35% na produtividade.

Por outro lado nos estados de Goiás e Mato Grosso as condições meteorológicas propiciaram um bom crescimento e desenvolvimento das plantas, com os déficits hídricos não causando mais do que 22% de quebra.

Os dados foram analisados junto ao sistema Agrymax, que reúne informações meteorológicas para o controle das plantações.

Agrolink