Conectado por

Elza Amorim Carvalho

Que nunca mais, vejam-me, sem ti – Por Elza Amorim Carvalho

Publicado por

em

Eu quero mudar sim Deus, mas no que for necessário para fazer cumprir o teu chamado em mim, eu não tenho mais vida própria, a minha vida é para ir aonde tu quiseres que eu vá.
Tudo em mim anseia por te agradar, pois descobrir que não há sentido para mim, respirar longe de ti.
O afago que a tua palavra produz em meu interior, me diz que tudo que eu preciso é me aprofundar em ti, beber dos teus rios, mergulhar nas profundidades do teu altar.
A tua presença Senhor eleva o meu coração ao extremo da dependência de ti.
Diante de ti curvo-me, anelo desesperadamente pelo teu sopro em mim, pois isto renovam as minhas forças para eu poder ir além, para eu caminhar neste vale escuro, e de fortes incertezas que permeia a terra.
A extensão da tua grandeza desnuda a minha alma Senhor, o teu saber e efetuar me faz ver o quão pequena e carente de ti eu sou.
Mais do que as muitas palavras que eu possam expressar, sonda-me, me destricha ao avesso, até que em mim não se encontre nada mais de mim, mas, todos os meus espaços internos, sejam tomados por tua glória.
Em pleno a este desapego ao teu reino que a humanidade se encontra, o que consola a minha alma é saber que tu nunca desampara a quem de ti se aproximar.
Corro para ti meu Deus até quando pareço não sair do lugar, tu Senhor és tudo que eu tenho.
Eu tenho fome, sede, necessidade de ti oh Deus, tu és o alimento que vivifica a minha alma, o teor que dá sentido ao meu existir.
Eu te amo Deus, permita que te vejam em mim, e que nunca mais, vejam-me, sem ti.
Pra Elza Amorim Carvalho
# redes sociais

Continua após a publicidade