Conectado por

Featured

Quais os primeiros socorros na suspeita de infarto


Compartilhe:

Publicado por

em

Os primeiros socorros para infarto agudo do miocárdio ajudam a reduzir as sequelas, ou salvar a vida da pessoa que sofre o episódio. Para isto é recomendado reconhecer os sintomas, acalmar e deixar a vítima confortável, e chamar uma ambulância, ligando par ao SAMU 192 o mais rapidamente possível. 

O ataque cardíaco pode afetar qualquer pessoa aparentemente saudável, mas é mais frequente em pessoas idosas ou com doenças graves, como parkinson ou arritmia cardíaca não tratada adequadamente.

Passos a seguir em caso de parada cardíaca

Para entender melhor como agir diante de uma situação de infarto, mesmo estando sozinho, é recomendado seguir os seguintes passos:

1. Reconhecer os sintomas

Uma pessoa que sofre um infarto agudo do miocárdio pode apresentar os seguintes sintomas:

  • Dor no peito, tipo queimação ou aperto, que pode irradiar para os braços ou para a mandíbula, intensa ou dura mais que 20 minutos;
  • Enjoo ou vômito;
  • Suor frio;
  • Falta de ar;
  • Palpitações.

Além disso, podem haver tontura intensa e desmaio. 

2. Chamar uma ambulância

Após identificar os sintomas de infarto, é recomendado chamar a ambulância ligando para o SAMU 192, ou para serviço de atendimento móvel particular, caso prefira. 

3. Acalmar a vítima

Na presença dos sintomas, a pessoa afetada pode ficar muito ansiosa ou agitada, o que pode piorar os sintomas e a gravidade do quadro. É recomendado solicitar que a pessoa respire profunda e calmamente, solicitar que as pessoas muito próximas se afastem, evitando aglomerado de pessoas. 

4. Desapertar a roupa

É recomendado evitar apertos, como cintos ou botões apartados e, caso seja possível, é preferível deixar a vítima sentada ou deitada, em um local calmo e ventilado.

5. Oferecer 2 comprimidos de aspirina

Os comprimidos de aspirina (AAS) são recomendados caso a vítima nunca tenha tido infarto prévio e não possuir alergia. 

Também recomendado colher algumas breves informações, como doenças que possui ou se usa alguma medicamento para o coração, pois quando a vítima tem histórico de infarto, o cardiologista pode ter receitado um comprimido de nitrato, como Monocordil ou Isordil, para ser utilizado em emergências. Por isso, deve-se substituir a aspirina por este comprimido.

6. Em caso de desmaio, deitar e observar os sinais vitais

Caso a vítima desmaie, deve-se deixa-la deitada em uma posição confortável, com a barriga para cima ou de lado, checando sempre a presença dos batimentos cardíacos e respiração. 

Porém, se o coração da vítima parar de bater antes da chegada da ajuda médica, é importante iniciar a massagem cardíaca até que a ambulância chegue ou até o coração voltar a bater.

As pessoas que apresentam infarto também têm risco aumentado de desenvolver AVC, principalmente pessoas hipertensas, diabéticas, que têm um colesterol elevado ou que fumam, e alguns dos sintomas que podem apresentar neste caso são fraqueza em um alado do corpo ou do rosto ou dificuldade para falar, por exemplo.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *