Conectado por

Concursos

Provas PRF 2021 aconteceram neste domingo, 9. Veja como foram!


Compartilhe:

Publicado por

em

As provas PRF 2021 aconteceram neste domingo, 9, em todo o país. No total,304.330 candidatos foram aguardados em vários locais de provas. O número de faltosos ainda é levantado pelo Cebraspe, organizador do concurso PRF 2021.

De acordo com o Cebraspe, os gabaritos preliminares serão divulgados nesta terça-feira, 11.A Folha Dirigida fez a a correção das provas.

Foi um domingo atípico quando comparado a tradicionais dias de provas de concursos públicos.

Em meio a uma pandemia, foi um desafio para os candidatos participarem das avaliações. Notou-se bastante aglomeração nas entradas dos locais de provas, conforme registrado nas redes sociais. Via Twitter, muitos se manifestaram contra a realização das provas.

Dentro das unidades de aplicação, porém, o Cebraspe fez valer as regras sanitárias de combate à pandemia da Covid-19, conforme relato dos candidatos. Distanciamento entre os concorrentes nas salas de prova e uso de máscaras foram algumas das medidas adotadas.

Ao longo do domingo, houve registro de alguns relatos nas redes sociais de salas cheias, mas nada ainda confirmado.

Houve quem fez a prova e enfrentou todos os desafios de prestar concurso em meio à pandemia e também aqueles que optaram por ficar em casa.

A reportagem da Folha Dirigida ouviu os dois lados.

Juliana Silvares viajou pelo sonho de aprovação no concurso PRF. De Teresópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, para Botafogo, bairo da Zona Sul da capital fluminense. Seu local de prova foi a Universidade Santa Úrsula.

“Tudo tranquilo por aqui”, registrou.

A Universidade Nilton Lins, em Manaus, foi uma das que registraram aglomeração na entrada do local de prova. Francisco Valente, um dos candidatos, conversou com a reportagem.

“Gente demais no local de prova. Estou aguardando para entrar na sala.”

Do lado de quem ficou de fora do exame, por respeitar e temer a Covid-19, Desireê Quaresma conversou com a reportagem da Folha Dirigida. Ela relatou que faltou a prova em respeito à mãe e à filha.

“Eu não vou fazer a prova porque moro com a minha mãe. Ela tem doença crônica e não tomou vacina. Tenho minha filha também. Não quero correr o risco de pegar o vírus. O Cebraspe me colocou para fazer prova em Nova Iguaçu, sendo que moro em Vista Alegre. São quase três horas (de distância) e tenho que pegar quatro conduções. Como lá o risco está alto, não vou fazer essa prova, infelizmente. São anos de estudo e estou muito triste por isso”, lamentou a candidata, que representa milhares de candidatos neste domingo, 9.

Regras sanitárias seguidas dentro dos locais

Os candidatos ouvidos pela reportagem declararam que, dentro das unidades de aplicação das provas, o Cebraspe seguiu as regras sanitárias. Um desses candidatos foi Alberto Ferreira, que fez prova em Recife.

“Na minha sala, que estava cheia de cadeiras e bem espaçosa, eram 22 pessoas. Foram de seis a sete faltantes só na minha sala. Por isso, creio que haverá um grande número de faltosos. No acesso à faculdade vi bastante gente.”

Nara Graciele fez prova na Univeritas, no Flamengo, Zona Sul do Rio de Janeiro. Ela elogiou a organização do Cebraspe.

“Fiquei impressionada com a organização. Tudo de acordo com os protocolos. Parabéns ao Cebraspe pela organização.

Juliana Silvares também fez elogios. “Sala tinha 15 pessoas e todos de máscara e higienizados. Local limpo e arejado.”

Do lado de fora, aglomeração

O problema referente ao distanciamento social não foi dentro dos locais de provas, pelo relato dos candidatos, mas sim no acesso a eles.

Milhares de vídeos e imagens rodaram as redes sociais neste domingo, 9, mostrando o perigo que os candidatos passaram por conta da pandemia da Covid-19 e alto risco de contágio pela doença.

A #adiaPRF tomou conta do Twitter com registros importantes de aglomerações pelo país.

Prova específica mais puxada, dizem candidatos

Sobre a prova, a sensação da maioria foi de exigência maior para a parte específica.

Alberto Ferreira, que fez prova em Recife, comentou: “Prova tranquila, mas puxou muito para as específicas. Legislação de Trânsito tinha bastante, assim como Direito Constitucional, e Direitos Humanos.

Juliana Silvares, que fez prova no Rio de Janeiro, viu equilíbrio no exame. “Como estou no último ano do curso de Direito e já estava estudando para o concurso, achei a prova equilibrada”, disse.

Cobertura em tempo real

Folha Dirigida fez a cobertura dos exames do concurso PRF 2021 e trouxe os acontecimentos em tempo real.

COBERTURA PROVAS PRF 2021 EM TEMPO REAL

20h15 – Encerramento

Encerramos por aqui a cobertura em tempo real das provas PRF 2021. Mais informações serão atualizadas nesta matéria.

19:05 – Comentários da prova

Os candidatos que conversaramcom a equipe da Folha Dirigida informaram que a prova está em nível difícil, sobretudo nas matérias específicas.

Essa foi a opinião de Alberto Ferreira, que fez prova em Recife. “Prova tranquila, mas puxou muito para as específicas. Legislação de Trânsito tinha bastante, assim como Direito Constitucional, e Direitos Humanos.

Juliana Silvares viu equilíbrio no exame. “Como estou no último ano do curso de Direito e já estava estudando para o concurso, achei a prova equilibrada”, disse.

18h12 – Registro de aglomerações

Muitos candidatos registram no Twitter e redes que prova foi marcada por aglomerações em torno dos locais de provas. Pessoas não respeitaram distanciamento social necessário em virtude da pandemia da Covid-19.

18h06 – Prova difícil para candidatos

Maioria dos candidatos já comenta que a prova estava difícil. Reportagem apura mais detalhes.

17h05 – Tema da redação

Saiu o tema da redação: O impacto dos crimes de trânsito no que se referea aos acidentes de Transporte  Terrestre (ATT).

17h03  – Saída de candidatos

Primeiros candidatos começam a deixar local de prova em todo o país.

17h – Faltosos

Cebraspe ainda levanta o número de faltosos nas provas. Qustionado pela reportagem, a informação é que o número ainda é levantado,

16h45 – Gabaritos na terça, 11

Quem realizou a prova poderá conferir os gabaritos preliminares a partir de terça, 11. Fique ligado!

14h50 – Denúncia de salas cheias

Candidatos registram salas cheias. Enquanto a média seria de dez a 15 candidatos por sala, há registro de locais com 60 ou 70 concorrentes. Cebraspe ainda não se manifestou. Como cidade e local da denúncia não foram informados, não é possível informar se houve quebra de regra.

Há salas com maior capacidade de candidatos. A reportagem está apurando a informação.

14h07 – Balanço…

Os registros da reportagem mostraram muitos candidatos nos locais de provas em todo o país. A maioria com as máscaras de proteção.

Em determinados locais das universidades e escolas de aplicação os candidatos não conseguiram manter o distanciamento. A aglomeração, portanto, foi constante na entrada, o que pode representar um risco para a saúde dos candidatos.

Folha Dirigida