Conectado por

Geral

Proteção digital: Saiba como navegar com mais segurança no Google Chrome


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Navegador mais popular da web, o Google Chrome pode ser usado com ainda mais privacidade e segurança com medidas simples.

Um estudo da Google em parceria com uma equipe da Universidade da Califórnia em Berkeley analisou as 67 milhões de contas da própria Google para investigar roubos (ou sequestros) de perfis pessoais. Alarmantes, os números preocupam: cerca de 15% dos usuários da internet já tiveram suas contas hackeadas ou roubadas. Quem utiliza bastante a web sabe que serviços nos quais as senhas são inseridas, como e-mails, redes sociais ou plataformas precisam de proteção extra para evitar o acesso de terceiros às suas informações pessoais – e com o navegador Google Chrome não é diferente.   

Lançado em 2008, o navegador do Google já se tornou o mais popular do segmento. No mercado digital, ele é a opção preferida de 60% dos usuários que acessam a internet regularmente. Após o seu lançamento, o Chrome ultrapassou aquele que era o navegador mais acessado, o Internet Explorer, que ainda reinou por alguns anos.

De forma tímida no início, o Google Chrome foi divulgando de forma sutil as melhorias que o tornaram superior ao Explorer. Somente em 2012 ele ultrapassou o concorrente e ficou em primeiro lugar na preferência mundial com vantagens como navegabilidade confortável e segurança. Porém, a Google não descansa nunca e está sempre lançando atualizações e outras medidas simples podem tornar a experiência com esse navegador ainda mais segura e até apagar tudo o que foi acessado no Chrome sem deixar vestígios, utilizando configurações de privacidade e verificação configurada em duas etapas. Aprenda a seguir.

 Como navegar com mais segurança no Google Chrome

Toda a popularidade do Google Chrome o torna um alvo para quem procura roubar dados pessoais de usuários da web. Mas navegar com segurança nesse browser é possível, assim como evitar possíveis ataques com a ampla gama de recursos padrão de segurança do próprio Chrome. Um deles é a tecnologia de navegação segura do Google, que impede os hackers de instalarem plug-ins suspeitos ou atualizações vulneráveis dos aplicativos. Outro diferencial dessa tecnologia é que ela procura ativamente comportamentos “duvidosos” ao visitar determinados sites, avisando imediatamente o usuário em caso de possíveis ameaças.

Configurações de privacidade

As configurações de privacidade da conta do Google usada pelo Chrome também devem ser verificadas, já que ela é utilizada pelo navegador. Isso pode ser feito de forma simples e rápida: basta acessar a página de verificação de privacidade para checar quais informações estão sendo usadas pela companhia.

Check-up de segurança do Google

Checar os níveis de segurança do browser também é uma boa alternativa para navegar com mais segurança no Google – esse passo é tão ou mais importante do que verificar aplicativos ou extensões. O check-up de segurança é uma ferramenta fornecida pelo próprio Google para essa tarefa: ela avalia os níveis de proteção atuais ao visitar o site e fazer o login pelo Chrome.

Dispositivos mais antigos com uma conta do Google ainda logada são um bom exemplo que podem ser verificados pela ferramenta. Isso porque eles podem ser utilizados para que o acesso seja obtido por terceiros, ou mesmo aplicativos de outras pessoas que receberam permissão para utilizar os dados do usuário.

Como ativar a navegação segura no Chrome

O Google Chrome possui uma ferramenta que verifica páginas potencialmente perigosas assim que elas são acessadas pelo usuário no navegador. Um alerta que impede o carregamento é emitido caso o site seja semelhante a outros com links maliciosos. Mesmo já ativado por padrão, esse recurso pode ser desligado por plugins instalados pelo usuário ou mesmo pelo mau uso das configurações.

Para ativá-lo, basta seguir dois passos. Acesse as configurações e clique em “avançado” no rodapé. Em seguida, ligue a chave no lado de “navegação segura” – assim, é possível se certificar de que essa função está habilitada.

Simples e prática, essa medida de segurança impede que qualquer um faça login em contas do Google. Assim, somente o dono do smartphone consegue acessar seus perfis privados.

Senhas sugeridas em uso

Recém lançado, o gerenciador avançado de senhas do Google sugere códigos mais difíceis para que o usuário preencha cadastros na web. Esse recurso é essencial porque garante que as senhas fortes serão usadas em qualquer domínio, o que dificulta ações de possíveis invasores. Outra vantagem é que, como o navegador automaticamente se lembra da informação, o único trabalho necessário para acessar as contas online é fazer login na conta Google.

Tal função pode ser ativada na opção “senhas” das configurações. O segundo passo é pressionar “sugerir senha forte” para preencher formulários de cadastro.

Cada vez mais popular, o acesso à internet tem impulsionado inovações como oGoverno Digital, que permite que a população acesse os serviços públicos e informações oficiais de forma rápida e prática. Para obter tais dados, nada melhor do que uma navegação segura pelo Google Chrome ou no navegador de sua preferência, permitindo uma experiência positiva em todos os dispositivos.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento