Conectado por

Rondônia

Profissionais de saúde do Município são capacitados para coleta de material biológico


Compartilhe:

Publicado por

em

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), em parceria com o Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen), realizou na terça-feira, 24, curso prático de coleta de material biológico para os técnicos da Divisão de Controle de Zoonoses (DCZ).

O treinamento teve como foco a atualização no armazenamento, acondicionamento e envio correto de material biológico para realização de exames de macacos com suspeita de febre amarela, além de cachorros e gatos para diagnostico de raiva.

“Queremos capacitar o máximo de servidores para fazer esse tipo de coleta sem erros, tanto para os que atuam em campo como aqueles que trabalham internamente na DCZ”, explicou Tiago Martins, gerente da divisão.

A bióloga do Lacen, Camila Azi, explicou que todas as vezes em que o técnico for realizar o procedimento devem estar portando luvas, toca, botas, jaleco e máscara. “Esse procedimento visa a proteção pessoal e também evita a interferência no resultado do exame”, pontuou.

Febre Amarela

A Semusa registrou um caso de macaco morto por febre amarela silvestre no mês de maio. Uma ação de bloqueio com vacinação e busca ativa foi realizada na área onde o macaco foi encontrado.

A vacina está disponível em todas as unidades básicas de saúde para aqueles que nunca foram imunizados ou não têm comprovação. É necessário apenas uma dose.

A Semusa recomenda que ao encontrar um macaco morto, a pessoa entre em contato com a secretaria através dos telefones (69) 3901-2835/98473-7909.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento