Conectado por
Governo de Rondônia

Cuiabá-MT

Professores protestam contra Lei que proíbe contratos temporários no período eleitoral

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Professores de rede pública estadual, fizeram um protesto, nesta sexta-feira (24), em frente à sede do Tribunal Regional Eleitoral, em Cuiabá. Eles protestaram contra a Lei que impede a contratação de servidores temporários durante o período eleitoral.

De acordo com os profissionais, muitos foram demitidos com apenas uma semana que prestação de serviço para que a Lei fosse cumprida pelo governo do estado.

Isaque de Carvalho Silva é professor de educação física e teve o contrato encerrado, logo após ter assumido a vaga.

“Eu entrei para substituir a professora que está de licença maternidade, então o contrato deveria ser de seis meses”, justificou.

A coordenadora da Escola Estadual Pascoal Moreira Cabral. Rejane Santi, disse que para algumas disciplinas não há professores.

“Nas aulas das disciplinas para as quais não há professor, os alunos ficam em horário vago, porque não temos o que fazer”, disse ela.

O TRE informou que apenas cumpre o que determina a Lei de 1997, com o objetivo de garantir igualdade de oportunidades entre os candidatos.

Já a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) explicou que os contratos temporários anuais foram mantidos. E que, além dos cumprimento da Lei, a secretaria encerrou alguns contratos em razão da convocação de profissionais aprovados no concurso público realizado no ano passado.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *