Conectado por

Mato Grosso

Produtores rurais de MT cobram mais policiamento na zona rural após aumento na criminalidade


Compartilhe:

Publicado por

em

O número de furtos em propriedades rurais cresceu quase 10% em 2019, em relação ao ano anterior. Foram registrados 262 roubos e 1521 ocorrências de furtos, entre janeiro e outubro do ano passado.

Um produtor rural, que não quis se identificar, disse ter vivido momentos de terror na sede da fazenda dele, localizada em Santo Antônio de Leverger, a 35 km de Cuiabá, neste mês. Às 17h de um domingo, foi surpreendido por três indivíduos armados, encapuzados, quando voltava do pasto.

Produtor, que não quer se identificar, relata momentos de terror que passou durante assalto. — Foto: TVCA

Produtor, que não quer se identificar, relata momentos de terror que passou durante assalto. — Foto: TVCA

“Eles nos amarraram e, durante cerca de 30 minutos, nos bateram, deram tiros em volta da gente. Depois desse terrorismo, levaram o dinheiro que nós tínhamos, dos funcionários também e o nosso carro”, relata.

Esse não foi o único caso registrado nesse mês de janeiro. Na madrugada do dia 23, três homens armados invadiram a comunidade Estrela do Oriente, em Nossa Senhora do Livramento, a 42 km de Cuiabá e fugiram levando dois carros e objetos de valor. Na fuga um deles perdeu o controle da direção e bateu num poste.

Bandidos perdem controle da direção e batem em poste após invadiram e roubarem comunidade, em Nossa Senhora do Livramento — Foto: TVCA

Bandidos perdem controle da direção e batem em poste após invadiram e roubarem comunidade, em Nossa Senhora do Livramento — Foto: TVCA

No dia 24, bandidos invadiram uma propriedade rural em Jangada, a 82 km de Cuiabá, e roubaram carros e máquinas.

Para os produtores, o patrulhamento rural é importantíssimo para inibir a ação dos criminosos. Eles sabem que como o estado é grande não há efetivo suficiente para percorrer o campo.

Cresce o numero de roubos em propriedades rurais de MT

Cresce o numero de roubos em propriedades rurais de MT

Por conta da dificuldade em acionar a polícia, justamente pela distância, eles pedem bases fixas em pontos estratégicos.

Porém, segundo o secretário adjunto de Integração Operacional da Secretaria de Segurança Pública Mato Grosso (Sesp), coronel Victor Fortes, seria inviável criar postos de polícia na zona rural.

Secretário adjunto da integração operacional da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso (Sesp), coronel Victor Fortes — Foto: TVCA

Secretário adjunto da integração operacional da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso (Sesp), coronel Victor Fortes — Foto: TVCA

“Demandaria meios e efetivos e não atenderia o propósito da segurança pública. Então a Sesp também está, por meio da Polícia Militar, reforçando esse patrulhamento rural para ver se conseguimos coibir e diminuir o índice desses crimes”, afirma o coronel.

FONTE: G1