Conectado por

Agronegócios

Produtor relata benefícios ao solo com uso de fertilizante

Publicado por

em

Natural da cidade de Leme, no interior de São Paulo, o produtor Valter Françosa se mudou para Minas Gerais e se instalou em João Pinheiro há 40 anos. No município, distante 340 km de Belo Horizonte e com quase 50 mil habitantes, vem se dedicando ao cultivo de soja e milho em uma propriedade de mais de 100 hectares.

Continua após a publicidade

Como a propriedade tem um terreno misto e arenoso, o produtor buscava um fertilizante que tivesse entre suas características uma dissolução mais lenta, proporcionando um melhor aproveitamento do insumo pelo solo. Em 2018, foi apresentado aos fertilizantes da marca SUPERBAC, empresa com mais de 25 anos de mercado, e resolveu experimentar o produto em sua plantação para comprovar os resultados. Para sua surpresa o insumo superou as expectativas. “Primeiro eu notei que o fertilizante demorou a dissolver na terra, proporcionando um aproveitamento superior de todos os minerais presentes. Tivemos maior retenção da umidade e o solo ficou mais saudável”, lembra Françosa.

Com o desenvolvimento da cultura o produtor também percebeu melhor enraizamento, expansão folhar e floração e também plantas mais resistentes às intempéries climáticas, como seca prolongada. Por fim, com a colheita o aumento da produtividade acabou coroando os bons resultados. “Passamos de 53 sacas de soja por hectare em 2019 para 63 sacas em 2020, aumento de quase 20%”, conta o produtor.

Em um ano que o agronegócio deverá ser responsável por 24% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e uma safra prevista de 260 milhões de toneladas, o aumento da produtividade acaba sendo estratégico para produtores dos mais diferentes tamanhos. “Como vendo para a indústria, quanto melhor o cenário do agronegócio, melhor o retorno financeiro”, completa.

Após os bons resultados da colheita do início desse ano o produtor comprou mais de 95 toneladas de fertilizante para o plantio de 2020. Aos 70 anos de idade e já formando a terceira geração de agricultores, Françosa reforça que é importante ficar de olho nas novidades do mercado e contar sempre com o apoio técnico do vendedor ou especialista. “Aqui sou muito bem atendido pelo representante da marca que está sempre disposto a me ajudar, tirar dúvidas e indicar o melhor para a minha cultura”, diz.

Com informações da assessoria.