Conectado por

Mato Grosso

Primeiro lote será usado para vacinar 32,5 mil pessoas em MT


Compartilhe:

Publicado por

em

O primeiro lote de vacinas contra Covid-19 enviado para Mato Grosso será usado para imunizar 32,5 mil pessoas, segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT).

Ao todo, estão sendo enviadas ao Estado 65,7 mil doses da Coronavac e cada pessoa deverá receber duas doses. A Coronavac é produzida pelo Instituto Butantan, de São Paulo, em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

A previsão do Governo é de que o lote chegue ao Estado às 16h35, em um vôo da empresa Latam. O envio para os 141 municípios deverá ter início nas primeiras horas de terça-feira (19).

Conforme a SES, assim que a vacina chegar, ela será escoltada por agentes da Polícia Federal até o Centro de Distribuição do Governo do Estado, onde será feita a separação do medicamento para as prefeituras. Os executivos municipais são os responsáveis pela aplicação.

Todo o processo irá obedecer o grupo prioritário estipulado pelo Ministério da Saúde. Além disso, a secretaria também deverá analisar a quantidade de vacinas pelo número de pessoas desse grupo, já que o total enviado nesse momento para o Estado não é suficiente para atender toda a demanda.

“Esses dados estão todos sendo levados em consideração pelos nossos técnicos para que possamos fazer o encaminhamento da vacina. O procedimento será tanto por via área como terrestre, para agilizar a entrega”, explicou o secretário Gilberto Figueiredo (DEM).

De acordo com o governador Mauro Mendes (DEM), nos próximos dias deverão chegar mais doses de vacinas a Mato Grosso.

“Nesse primeiro momento chega pouca coisa, não é um número muito grande. Mas nos próximos dias teremos novos lotes e vamos seguir rigorosamente o que está acordado com o Ministério da Saúde”, afirmou.

A entrega da medicação aos estados pelo Ministério da Saúde ocorreu na manhã desta segunda-feira (18), em Guarulhos (SP).

Logística

De acordo com o Governo do Estado, uma força-tarefa dará início ao Plano Estadual de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 e prevê o apoio de seis aviões do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) para ajudar na distribuição das doses.

O Estado já havia divulgado ter 3,5 milhões de seringas em estoque para dar início à vacinação. As seringas e agulhas começam a ser entregues aos 141 municípios e a Pasta afirmou já ter feito uma aquisição suplementar de seringas.

Midia News