Conectado por
Governo de Rondônia

Mato Grosso

Primeira-dama de MT recebe alta de hospital em SP após reinfecção por Covid-19

Publicado por

em


Continua após a publicidade

A primeira-dama de Mato Grosso, Virgínia Mendes, teve alta médica nessa quarta-feira (17) de um hospital, em São Paulo, onde estava sendo tratada da reinfecção da Covid-19. Apesar da liberação, ela ainda deve permanecer em São Paulo.

Virgínia postou, em uma rede social, o momento em que deixava o hospital, acompanhada do marido, governador Mauro Mendes (DEM). Ela foi diagnosticada com Covid-19 no início deste mês pela segunda vez.

Ela agradeceu as mensagens de apoio e carinho e as orações que recebeu.

“Ainda não posso voltar de imediato, preciso ainda ficar mais um tempo até minha imunidade ser fortalecida, mas só de estar fora do hospital, já é uma grande vitória. E sou muito grata por isso”, disse.

 

Virgínia Mendes faz parte do grupo de risco por ser transplantada renal. Ela apresentou os sintomas da doença, diferente da primeira contaminação.

Casos na família

 

A primeira-dama Virginia Mendes testou positivo para Covid-19 em setembro de 2020. Em junho, o governador Mauro Mendes (DEM), também foi diagnosticado com o coronavírus e ficou em isolamento domiciliar.

A mãe da primeira-dama de Mato Grosso, Euridice Gomes da Silva, de 78 anos, recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em 28 de janeiro, após ficar 7 meses internada devido à Covid-19.

G1