Conectado por

AL/MT

Presidente Laerte afirma que a Assembleia deve tomar providência contra cartel de laticínios

Publicado por

em

O presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB), disse ser preciso tomar uma providência para impedir que laticínios de Rondônia continuem praticando preços abusivos, enquanto pagam valores extremamente baixos ao produtor. O deputado afirmou que os consumidores também são prejudicados e que esta situação precisa ser resolvida o quanto antes.

Continua após a publicidade

Diversos parlamentares também pediram providências, citando que a empresa Italac estaria liderando um cartel para manipular o preço do leite. “Laticínios jogam os preços como querem. A perspectiva era de que fosse pago ao produtor até R$ 1,40 pelo litro, mas é repassado somente 80 centavos. Isso é inadmissível”, destacou o deputado Laerte.

Segundo ele, o cartel está atacando a riqueza do povo de Rondônia, porque o leite é o contracheque do pequeno produtor e também o principal item na economia dos pequenos municípios. “É o salário de muitas famílias do campo. Laticínios usam e abusam, por isso essa Casa precisa se organizar e tomar providências”, acrescentou.

Outro ponto citado é o de que os laticínios têm 95% de isenção de impostos, concedido pelo Governo, mas esse benefício não é estendido ao produtor rural.  “O que os laticínios estão fazendo é um assalto ao povo de Rondônia. Isso não pode continuar”, finalizou o deputado Laerte.

Texto: Assessoria