Conectado por

Concursos

Presidente afirma que irá convocar mais aprovados do Concurso PRF

Publicado por

em

Em núncio de sanção do PL de socorro financeiro a estados e municípios, nesta quinta-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro anunciou que fará um decreto para convocar os últimos aprovados do Concurso PRF 2018. A declaração aconteceu depois de o presidente ouvir os pedidos desses candidatos que aguardavam o chamamento para o Curso de Formação. A reivindicação deles foi feita durante a cerimônia de hasteamento da Bandeira no dia 12 de maio.

Continua após a publicidade
<

Na ocasião, os aprovados disseram que convocar mais gente para Polícia Rodoviária Federal era uma forma de investir na segurança do Brasil. E a resposta de Bolsonaro, em comentário com Paulo Guedes, foi “Como resiste a um pedido desses?”.

Acredita-se que os 614 aprovados do Concurso PRF, realizado em 2018, que ainda não foram convocados podem ser chamados ainda em 2020. O certame foi aberto para 500 vagas imediatas, mas em julho de 2019 uma portaria autorizou outras 500, totalizando até agora 1.000 convocações.

Novo concurso PRF

Existe grande expectativa para um novo concurso PRF após a solicitação de abertura de 4.435 vagas. A oferta prevista é para Policial Rodoviário Federal e Agente Administrativo. Sabe-se que os subsídios oferecidos estão entre R$ 4 mil e R$ 10 mil. A proposta está sendo analisada pelo Ministério da Economia.

De acordo com o diretor de Comunicação da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FENAPRF), Raphael Casotti, há uma tentativa constante de aumentar o número de policiais da PRF. Segundo ele, pela leia, pode haver mais de 13 mil agentes ativos. Além disso, a PRF pode sofrer deficit de pessoal caso as aposentadorias aumentem e não haja reposição.

“Temos conhecimento de que a entrada do último concurso praticamente se equipara com as saídas por aposentadorias nesse período, mantendo o nível de alerta em alta, para o governo e para a sociedade, da necessidade de se manter o processo de reposição do efetivo da PRF”, pontuou.

Casotti ainda afirmou que essa “é uma pauta permanente que desenvolvemos por acreditar que o maior beneficiado é a própria sociedade brasileira. E a sociedade clama por segurança pública eficiente e de qualidade. Temos resiliência na demonstração da necessidade de se reforçar os quadros da PRF, até chegarmos a um efetivo capaz de atender integralmente a demanda em todas as rodovias e estradas federais e áreas de interesse da União”.

O presidente da FENAPRF, Deolindo Carniel, comentou sobre uma promessa de Bolsonaro de realizar concurso PRF todos os anos com oferta de pelo menos mil vagas. “Mil policiais a cada ano a partir de 2020. Mas, para nós é muito importante que conste na LDO, e é isso que estamos trabalhando nesse momento, que haja previsão para que se possa fazer concurso em 2020 para ingresso em 2021, 2022, 2023, assim sucessivamente”, explicou. O objetivo é preencher os cargos que estão com falta de agentes.

CONCURSOSNOBRASIL