Conectado por

Porto Velho

Prefeitura de Porto Velho seleciona associações rurais para entregar tratores agrícolas e fortalecer a agricultura familiar


Compartilhe:

Publicado por

em

Edital de chamamento público foi publicado no Diário Oficial dos Municípios na sexta-feira (21)

Com foco no fortalecimento da agricultura familiar e acesso dos produtores rurais a novas tecnologias, a Prefeitura de Porto Velho publicou na sexta-feira (21) o edital de chamamento público nº 02/2021/Semagric, com objetivo de selecionar projetos e firmar acordos de cooperação com associações rurais privadas sem fins lucrativos. As entidades escolhidas receberão equipamentos agrícolas do município.

O processo de seleção previsto no edital será conduzido pela Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Semagric).

Gustavo Volpato Serbino, secretário-adjunto da Semagric, explica que desde a data de publicação do edital até o dia 21 de agosto próximo, as associações poderão apresentar propostas. Ele esclarece que o principal critério é que estejam devidamente legalizadas e credenciadas no Sistema de Parcelamento Parametrizado (Sispar). Além disso, devem atender aos demais requisitos especificados na publicação.

“Qualquer associação de produtores rurais que tenha como finalidade promover a agricultura familiar pode apresentar proposta, desde que esteja regularizada. Quem não estiver com a documentação em dia procure sanar essa questão o quanto antes”, destacou. A entidade que tiver projeto selecionado vai receber um trator agrícola, uma caçamba para ser acoplada na traseira do trator para transporte de objetos e uma grade aradora. Os equipamentos deverão atender a todos os associados.

ECONOMIA

Cada associação de produtores poderá apresentar mais de uma proposta

Cada associação de produtores poderá apresentar mais de uma proposta

A iniciativa da Prefeitura representa importante contribuição para as entidades, que não precisarão fazer gastos com a contratação de hora/máquina particular. O único gasto previsto será com a manutenção do maquinário.

“Este projeto leva tecnologia aos produtores da agricultura familiar que não têm acesso a esses equipamentos. É sustentabilidade também, pois a produção será maior na mesma área. E não haverá necessidade de desmatar novas áreas”, frisou Gustavo Serbino.

Cada associação de produtores poderá apresentar mais de uma proposta. Os equipamentos a serem disponibilizados foram adquiridos pelo Governo Federal, por meio do Programa Calha Norte (PCN).

Texto: Augusto Soares
Fotos: Saul Ribeiro e Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Prefeitura de Porto Velho

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento