Conectado por

Agronegócios

Prefeitura de Porto Velho incentiva lavoura cacaueira na capital


Compartilhe:

Publicado por

em

Incentivar as lavouras cacaueiras em Porto Velho e expandir a participação no cenário da produção de cacau em Rondônia. Estes são alguns dos objetivos do termo de cooperação técnica firmado entre a Prefeitura de Porto Velho, através da Subsecretária Municipal de Agricultura e Abastecimento (Semagric), com a Ceplac, Sejus e Emater. O intuito é estabelecer parcerias na execução das atividades relacionadas ao cultivo.

Durante a reunião de alinhamento, entre as autoridades ligadas aos órgãos, foi definido que será feito um viveiro de mudas de cacau clonal na fazenda Futuro, que funciona como uma unidade de ressocialização penal. Nessa unidade serão produzidas cerca de 100 mil mudas, para doação aos produtores. Em contrapartida, o produtor beneficiado terá que doar a mesma quantidade de sacolinhas equivalentes às mudas recebidas.

De acordo com o subsecretario da Semagric, Francisco Evaldo de

Lima, serão programados, entre os parceiros, uma série de ações para incentivar a renovação da lavoura cacaueira na capital, entre elas estão o desenvolvimento de pesquisas e apoio a produção, como fornecimento de mudas, logística de transporte, realização de palestras e assistência técnica ao pequeno produtor.

“O cacau é uma grande aposta para economia no estado, com isso teremos mais uma opção para o desenvolvimento da nossa agricultura familiar, melhorando a renda e, consequentemente, a qualidade de vida dos pequenos produtores”, destacou Francisco Evaldo.

Para assegurar as ações proposta pelos órgãos participantes, o prefeito Hildon Chaves assinará o termo de cooperação técnica, para tornar válido esse incentivo para lavoura cacaueira no município.