Conectado por

Porto Velho

Prefeitura de Porto Velho explica atendimento nos Centros de Referência Especializado de Assistência Social


Compartilhe:

Publicado por

em

O Creas em Porto Velho vem realizando um trabalho nesse momento de pandemia, de forma a acolher e atender da melhor forma aqueles que necessitam dos serviços

Os Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), são unidades da Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf), da Prefeitura de Porto Velho, onde são atendidas famílias e pessoas que estão em situação de risco social ou tiveram seus direitos violados.

Neste período de pandemia, esses centros têm realizado atendimento presencial, de forma a atender a população. Os atendimentos estão funcionando da seguinte forma: Creas /PAEFI (Creas – Telefones: 3901 3227 / 98473 5966); atendendo o público de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, à rua Geraldo Ferreira nº 135, bairro Agenor de Carvalho,

Creas/Medidas Socioeducativas em Meio Aberto (Creas Msema – Telefones: 3901 3230/ 98471 1454 / 98473 7906), estão atendendo o público de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, à rua Geraldo Ferreira nº 135, bairro Agenor de Carvalho.

Creas Mulher – Centro de Referência Especializado da Assistência Social no Atendimento à Mulheres Vítimas de Violência Doméstica, o atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, à rua Antônio Lourenço Pereira de Lima (antiga Venezuela), 2360, bairro Embratel. Fones: 3901 3640 e 98473 4725.

No Creas/PAEFI de Porto Velho, existe o serviço do Plantão Social, que funciona 24h (segunda a segunda), com uma equipe de profissionais que atende pessoas com seus direitos violados, que necessitam de acolhimento institucional, auxílio funeral, orientação e encaminhamentos para demais serviços socioassistenciais e outros.

Nesse período também, o serviço especializado de abordagem social tem realizado um trabalho de acolhida, orientação e encaminhamento da população em situação de rua, em parceria com a arquidiocese de Porto Velho, inclusive no auxílio emergencial.

“O Creas em Porto Velho vem realizando um trabalho nesse momento de pandemia, de forma a acolher e atender da melhor forma aqueles que necessitam do serviço. O Creas tem profissionais comprometidos, que a partir do seu compromisso social, não medem esforços no dia a dia, para a realização do seus trabalhos, assim como os profissionais das Unidades de Acolhimentos que funcionam 24 hs”, informa a diretora de Proteção Social Especial (DPSE) da Semasf, psicóloga Ana Karla Feitoza.

“A assistência social, também como serviço essencial, conta com trabalhadores que estão no atendimento direto, nos serviços dos Creas, no Plantão Social (24 h), serviço de abordagem especializado e nas Unidades de Acolhimentos. Em nome do prefeito Hildon Chaves, agradecemos e parabenizamos todos os trabalhadores e as trabalhadoras do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) que estão na linha de frente, arriscando a vida para cuidar de quem precisa durante a pandemia do coronavírus”, ressaltou a secretária da Semasf , Adriane Soares.

Comdecom