Conectado por

Featured

Prefeitura de Porto Velho alerta para o risco de descarte de lixo em córregos e nas ruas


Compartilhe:

Publicado por

em

Em menos de 90 dias após a limpeza, canal no Bairro Três Marias é tomado por entulhos

O entupimento de boeiros e canais pelo lixo que é descartado inadequadamente pela população tem contribuído para um dos principais problemas enfrentados pelos portovelhenses, a enchente.

Para evitar esses entupimentos, a Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretária Municipal de Infraestrutura Urbana e Serviços Básicos (Semisb), tem realizado limpeza e recolhimento de entulhos e lixo nos principais pontos de alagamento da capital.

Contudo, segundo o secretário Diego Andrade Lage, pouco tempo depois de a Prefeitura executar o trabalho de limpeza, há regiões em que os moradores continuam a descartar lixo em locais impróprios. “Esse entulho, invariavelmente, vai parar dentro dos córregos ou do esgoto”, alerta, acrescentando que esse é um fator preponderante para a ocorrência de inundações urbanas.

Diego Andrade cita como exemplo o Canal Tancredo Neves, na Rua Beira Sul, Bairro Três Marias, na Zona Leste da cidade. “Não faz 90 dias que a Semisb limpou o canal, hoje já está abarrotado de lixo”, alertou. “Essa sujeira impede o escoamento das águas pluviais e os detritos que sobem do esgoto acabam trazendo riscos à saúde da população”.

Outro problema gerado pelo entulho, acentua o secretário, é a proliferação de animais peçonhentos que costumam invadir as casas após acidentes, principalmente em casas que ficam próximas a matagais e barrancos. “A prefeitura está limpando a cidade, mas a população precisa contribuir e não jogar lixo em locais inadequados”, finalizou.