Conectado por

Mato Grosso

Prefeito é preso em flagrante pela Polícia Federal ao receber propina de construtora

Publicado por

em

A Polícia Federal de Ji-Paraná (RO) prendeu em flagrante o prefeito de Rondolândia (1.146 quilômetros de Cuiabá), Agnaldo Rodrigues (PP), no último sábado (27). O atual gestor da cidade mato-grossense estava em posse de R$ 8 mil, que seriam de propina paga por uma empresária que prestava serviços ao muniípio. Há pouco tempo, ele foi afastado do poder, mas retornou após decisão da Justiça.

Continua após a publicidade

Segundo sites da região, a própria empresária denunciou que estava sendo chantageada por Agnaldo, que exigia 10% dos pagamentos feitos. Antes de levar a propina, a dona da construtora procurou a Polícia Federal e prestou depoimento, explicando que a prática de extorsão por Rodrigues era antiga e freqüente.

Para garantir a confirmação do recebimento, a PF de Ji-Paraná (RO), que é responsável pela região, digitalizou as cédulas que seriam entregues ao prefeito. 
Ao ser flagrado, Agnaldo disse que o dinheiro era para pagar “seus meninos”. Porém, depois de preso, alegou que o montante em seu poder era a parcela de um empréstimo que havia feito à empresária. Porém, não havia nada que comprovasse a versão apresentada.

A empresária ainda contou que, há poucos dias, ela tinha recebido uma parte do pagamento para execução de uma obra com recursos federais em Rondolândia. COm o prefeito, foram encontrados R$ 8 mil. 

Agnaldo, que chegou a ser afastado do cargo acusado de pagar uma espécie de “mensalinho” a vereadores, foi encaminhado para Ji-Paraná. 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *