Conectado por
Governo de Rondônia

Cuiabá-MT

Prefeito de Cuiabá se reúne com entidades para decidir se aulas serão retomadas de forma presencial, remota ou híbrida

Publicado por

em


Continua após a publicidade

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), se reuniu nesta sexta-feira (8) com o Comitê de Enfrentamento à Covid-19, Secretarias de Educação, Saúde, Sinepe-MT e representantes das instituições privadas de ensino para decidir de que forma será o retorno das aulas nas redes pública e privada da capital, que já está marcado para dia 8 de fevereiro: presencial, remota ou híbrida (presencial e remota).

As matrículas para novos alunos da rede municipal de ensino foram abertas nesta semana e encerram nesta sexta-feira, com a oferta de e 6,5 mil vagas para Educação Infantil I e II (4 e 5 anos) e do Ensino Fundamental.

Prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) — Foto: Prefeitura de Cuiabá/Assessoria

Prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) — Foto: Prefeitura de Cuiabá/Assessoria

“A palavra de ordem agora é prudência. Vamos ouvir o setor. Somos sensíveis à situação crítica que o setor está vivendo e isso gera problemas econômicos sérios, mas temos que ter responsabilidade em virtude de uma segunda onda de Covid-19, para nós não prejudicarmos o setor, continuarmos trabalhando, gerando emprego e renda, as pessoas ganhando seus salários, para poder inclusive se proteger e proteger sua família”, disse o prefeito.

Ele ressaltou, no entanto, que o mais importante neste momento é garantir a diminuição da propagação do vírus em Cuiabá.

“Estamos democratizando esta decisão ouvindo o setor, mas também ouvindo a área técnica, com medidas sanitárias, para sair daí um planejamento com prudência, com responsabilidade, seguro, adequado, gradativo, que permita a retomada gradativa, lenta e segura das aulas presenciais nas redes pública e privada de ensino de Cuiabá”, disse ele.

G1