Conectado por
Governo de Rondônia

Mato Grosso

Prefeito de Colniza decreta toque de recolher devido ao Coronavírus

Publicado por

em


Continua após a publicidade

O prefeito de Colniza (1.046 quilômetros de Cuiabá), Milton de Souza Amorim decretou, ontem, toque de recolher partir das 22h até às 5h do dia seguinte e limitou em 50% funcionamento das empresas para prevenção dos riscos de disseminação da Covid.

Consta do documento que está proibida qualquer forma de aglomeração de pessoas em locais públicos ou privados, inclusive em eventos, festas, feiras, igrejas, templos, reuniões em praças, ginásios esportivos, academias, modalidades esportivas coletivas e outras atividades congêneres.

Também foi suspensa a visita aos internados no hospital municipal André Maggi e nos privados, salvo em caso de autorização expressa pelo médico responsável, pelo período que durar o decreto.

Os restaurantes e similares deverão priorizar as entregas domiciliares, limitando no caso de consumo presencial, em 50% de sua capacidade, com mesas individuais e distanciamento mínimo de dois metros de uma mesa da outra. Os bares, lanchonetes e similares, mesmo que na modalidade de ambulantes deverão priorizar as entregas domiciliares, limitando no caso de consumo presencial, também em 50% da capacidade.

Por outro lado, está permitido o funcionamento das atividades religiosas de qualquer culto, desde que observadas as regras de distanciamento de pessoal e limitado a 50% da capacidade do local da celebração.

Já as atividades de velório ficam restritas tão somente aos agentes, servidores e parentes do falecido, até T grau, na linha reta ou colateral, cujo ato terá duração máxima de 6h sendo vedado o fornecimento e consumo de alimentos no local.

Conforme Só Notícias já informou, ontem, o governo estadual editou decreto com novas medidas para prevenção e avanço do contágio da Covid devido ao aumento da média móvel de casos, internações hospitalares e óbitos.

Só Notícias/Cleber Romero(foto: assessoria)