Conectado por

Cuiabá-MT

Por causa de narguilé, jovem de MT é diagnosticada com fungo mortal nos pulmões


Compartilhe:

Publicado por

em

A jovem Livia Maria Monteiro, de 19 anos, passou por uma cirurgia, nesta semana, para retirada de um fungo na região do pulmão no Hospital Universitário Júlio Muller, em Cuiabá. De acordo com o que ela mesmo publicou em suas redes sociais, adquiriu a doença denominada “aspergilose” após fumar narguilé.

“A cirurgia é de alto risco e o pós-operatório não é fácil. É preciso ficar com um dreno o tempo inteiro durante uns 5 dias. O fungo é silencioso e se prolifera por todos os órgãos, podendo causar a morte ou até mesmo a paralisação dos órgãos (SIC)”, explicou.

Livia procurou por especialistas após sentir falta de ar, dor de cabeça, febre e dores pelo corpo. Ela suspeitava de Covid-19, mas exames constataram que, na verdade, se tratava de fungos em uma cavidade do órgão.

Especialistas, de acordo com ela, disseram que existem algumas possibilidades para a infecção. A água do narguilé poderia estar contaminara, o recipiente poderia estar mal lavado ou o fungo foi passado por alguém que fumava junto por meio da mangueira.

Ela realizou vaquinha para custear a cirurgia e havia arrecadado, até esta quinta (17), R$ 4,5 mil. A cirurgia, contudo, foi realizada em hospital público. O dinheiro será destinado aos procedimentos pós-operatórios, já que a jovem ainda não recebeu alta.

“Sejam cuidadosos e exijam sempre os devidos cuidados no uso do narguilé em tabacarias e lounges. Caso utilize, tenham responsabilidade com você ou com o próximo”, alertou.

Minutomt.com.br