Conectado por

Rondônia

Polícia Militar pontua ações contra o crime, avanço em tecnologia e estrutura moderna para atender a população de Rondônia


Compartilhe:

Publicado por

em

O avanço nas ações implementadas pela Polícia Militar de Rondônia (PMRO) em 2020 revela que os indicadores criminais tiveram uma redução significativa, somados às novas aquisições de viaturas modernas, combate à criminalidade e medidas que vão ao encontro do cumprimento aos decretos publicados pelo Governo de Rondônia no enfrentamento à pandemia do coronavírus.

O balanço das ações desencadeadas pela Corporação este ano, em todo Estado, apresenta reduções em crimes como roubo e resposta rigorosa na apreensão de armas de fogo, recuperação de veículos, prisão de foragidos e outras ocorrências atendidas pela Polícia Militar no intuito de garantir a segurança da sociedade rondoniense.

Os efeitos das ações rigorosas podem ser conferidos na redução de crimes que todos os anos atormentam o rondoniense, como roubo. Em todas as unidades da Polícia Militar do Estado, foram registradas 4.983 ocorrências desse tipo de crime até outubro deste ano. Em 2019, foram registradas 6.409 ocorrências de roubos.

O ano de 2020 foi marcado por uma intensa guerra contra a criminalidade e o coronavírus. Mesmo diante do enfrentamento à pandemia, a PM reforçou o policiamento ostensivo em todo Estado, em cumprimento ao Plano Estratégico do Governo, no eixo que engloba medidas que previnem e reprimem as ações violentas ao patrimônio e aos indivíduos, compreendendo todo o sistema estadual de Segurança Pública, conforme defendido pelo governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha.

Até o mês de outubro deste ano, a PMRO registrou 62.787 atendimentos à sociedade. Foram apreendidas, neste período, 1.012 armas de fogo, ou seja, armamentos que deixaram de servir ao crime.

Dando sequência a constantes operações, a Polícia Militar deu resposta à sociedade recapturando 1.589 foragidos da Justiça, isso em função do reforço no policiamento ostensivo somado ao núcleo de inteligência, que resultam em ações mais precisas e rápidas na prisão de foragidos.

Ações rápidas da Corporação também resultaram na recuperação de 1.942 veículos até outubro deste ano no Estado, ou seja, veículos roubados ou furtados que, em sua maioria, seriam levados para a fronteira com a Bolívia e serviriam de moeda de troca por drogas. Destaque também para prisões relacionadas com tráfico e posse de entorpecentes, que somados chegam a 1.894 ocorrências registradas.

ALTERNATIVAS EM MEIO À PANDEMIA

Mesmo com pandemia, cursos de aperfeiçoamento foram realizados pela PMRO

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel PM Alexandre Luís de Freitas Almeida, destaca que mesmo com as ações voltadas ao cumprimento dos decretos governamentais que preveem o enfrentamento ao coronavírus, a PM não deixou desassistido o policiamento ostensivo de rotina, bem como as demais atividades que estavam programadas para este ano, citando como exemplo os cursos de aperfeiçoamento que garantem ao policial ter uma progressão dentro da Corporação.

Ao tecer comentários sobre a questão dos cursos, o comandante-geral fala do uso da tecnologia que tem fortalecido as ações desenvolvidas pela Polícia Militar em várias frentes de atuação, devido à pandemia do coronavírus que impossibilitou o formato presencial e, consequentemente, sendo realizadas na modalidade de Ensino a Distância (EaD), tendo se mostrado altamente eficaz na capacitação dos policiais.

Isso quer dizer que, mesmo com a pandemia, os cursos de aperfeiçoamento não deixaram de acontecer.  Neste ano, cursos já foram concluídos e outros estão em andamento, tais como: Curso de Formação de Sargentos – 217 novos sargentos (concluído); Curso de Formação de Cabos – com 56 alunos (em andamento); Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS) – com 74 participantes (em andamento); Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO) – 66 participantes (em andamento).

NOVAS VIATURAS

Em 2020, ano que comemorou seu 45º aniversário, a Polícia Militar recebeu novas viaturas para o serviço de policiamento ostensivo, apresentando alto grau de tecnologia empregado nos veículos.

Maior tecnologia nas novas viaturas entregues à PMRO

São vários os avanços conquistados pela Polícia Militar, como a utilização de sistema mobile (tablets) pelas equipes, para o registro de ocorrências, aquisição de armamento, munição e equipamentos balísticos; bem como novas viaturas entregues com forte aparato tecnológico, totalizando 209 veículos, resultado de novo contrato firmado pelo Governo de Rondônia para atender a Segurança Pública do Estado.

As viaturas adquiridas este ano já vêm com a nova identidade visual da Polícia Militar. Com um layout mais limpo, o design que foi projetado pela Diretoria de Apoio Administrativo e Logístico, ressaltam símbolos de valor da história da Corporação, cujo significado remete à identidade policial militar do próprio Estado de Rondônia, mediante a forma, cores e traçados, relembrando o patrimônio histórico cultural rondoniense como a Bandeira do Estado, o Forte Príncipe da Beira.

APARELHAGEM BÉLICA

A Polícia Militar também recebeu do Governo do Estado, novas armas de fogo, coletes balísticos e outros equipamentos utilizados na rotina do policial militar na missão de garantir a segurança da sociedade.

Mantendo o foco na modernização estratégica da Segurança Pública, o Governo do Estado oficializou, com ações desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), a entrega de 333 coletes balísticos distribuídos para atender e reforçar os equipamentos da Polícia Militar do Estado de Rondônia e da Polícia Civil.

Governo tem reforçado a Segurança Pública com novos armamentos e equipamentos

Ainda este ano, a rede de comunicação móvel da PMRO começou a ser reforçada com a chegada de nova tecnologia de transmissão com rádios HTs modernos e digitais. O equipamento é o mesmo utilizado pelo Exército Brasileiro e agências de segurança nos Estados Unidos da América, que utiliza o sistema P25.

As aquisições não param. O Governo do Estado adquiriu novos Escudos de Proteção Balística de Nível III-A, armamentos, veículos, munições, coletes, entre outros aparelhos bélicos. No início de novembro, a Polícia Militar recebeu mais 21 armas de fogo do tipo carabina ia2 5,56 que atendem aos requisitos estabelecidos pelo Exército Brasileiro, além de 63 carregadores.

PRINCIPAIS OPERAÇÕES NO ANO 2020

A Polícia Militar também se manteve firme nas operações realizadas este ano, com destaque para as denominadas: Hórus; Paz no Campo; C-19 (com medidas adotadas para o cumprimento dos decretos governamentais sobre o enfrentamento à Covid-19); Verde Brasil 2 (do Governo Federal); Términus I; Trianon; Paz no Trânsito; Eleições Municipais. Além das operações, a PMRO participou diretamente em 28 ocorrências de reintegrações de posse.

O Batalhão de Fronteiras e Divisas (BPFron) participa das Operações Hórus – Rondônia que faz parte do Projeto Vigia – Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Operação Iara, no rio Guaporé e rio Mamoré, em conjunto com o Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) e Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam).

O Batalhão de Fronteiras e Divisas, em trabalho conjunto com a Secretária de Estado de Finanças (Sefin), evitou o crime de sonegação fiscal. Outra ação de destaque desenvolvida pela PMRO refere-se à Operação Hiléia, que tem como objetivo combater o desmatamento e as queimadas no Estado e vem sendo desenvolvida desde o mês de março. Nesta operação, o BPA atua em conjunto com a Sedam e outros órgãos de proteção ambiental, identificando e autuando os responsáveis nos locais onde ocorreram desmatamentos.

Para repressão e prevenção ao desmatamento ilegal na Amazônia, a Polícia Militar de Rondônia também compôs forças com outras entidades e participou da operação deflagrada pelo Governo Federal, em maio, denominada Verde Brasil 2.

Polícia Militar desencadeou várias operações policiais

A Operação Paz no Trânsito aconteceu em todo o Estado de Rondônia simultaneamente no período de 29 e 30 de outubro e nos dias 1º e 2 de novembro. Com atuação direta do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e demais batalhões de Polícia Militar no interior do Estado, as ações da operação objetivam o combate à violência no trânsito, sendo que a segunda etapa já está sendo planejada.

A Polícia Militar em análise ao índice de acidentes que vem aumentando, mobilizou uma força tarefa para coibir o desrespeito no trânsito, bem como reduzir os índices e minimizar as demandas de entradas de pessoas feridas em hospitais advindas de ocorrências relacionadas ao trânsito.

ENFRENTAMENTO À COVID-19

O inimigo é invisível, mas a Polícia Militar manteve firme a força-tarefa no enfrentamento ao coronavírus em todo Estado. De forma planejada e instituindo a Patrulha C-19 (em referência à Covid-19) a Corporação tem atendido todas as denúncias relativas ao descumprimento dos decretos governamentais, que estabelecem regras de distanciamento social e medidas de higiene e sanitárias, para a população em geral e para os estabelecimentos comerciais.

Dessa forma, a Polícia Militar tem empregado forças para combater as aglomerações e reitera a importância da população colaborar por meio da observância dos decretos estaduais para evitar a proliferação pela Covid-19.

TERMO CIRCUNSTANCIADO  

A atuação da Polícia Militar de Rondônia com o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) representa para o Estado um avanço tecnológico que resulta em economia. A sociedade se beneficia com a transparência nas ações em campo, viabilizadas por meio da tecnologia embarcada, que aponta a Corporação como referência nacional em Segurança Pública. De janeiro a outubro deste ano 2020, a Polícia Militar efetuou o registro de 6.534 Termos Circunstanciados.

A realização do TCO tornou-se eficaz por meio do Sistema Mobile, possibilitando que as ocorrências sejam registradas no local do delito, sem necessidade de deslocamento do policial militar e dos envolvidos nos casos ate a delegacia.

Fonte: Secom – Governo de Rondônia