Conectado por

Featured

Polícia Federal faz teste, governo aguarda Receita e voo entre Cuiabá e Bolívia deve sair em breve


Compartilhe:

Publicado por

em

A esperança de que o voo internacional entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, finalmente seja inaugurado, voltou. Nesta semana, a Polícia Federal fez uma ação simulada com o objetivo de testar o atendimento aos turistas no Aeroporto Marechal Rondon, localizado em Várzea Grande (região metropolitana da capital mato-grossense). A expectativa é que as operações tenham início em dezembro.
 
“Recebemos uma notícia de que a Polícia Federal está fazendo uma ação simulada, recebendo 200 turistas estrangeiros para ver como comparta a estrutura do aeroporto. Ficamos no aguardo agora da Receita Federal e, a partir daí, a Azul tem 60 dias para começar a operar”, explicou o secretário de Turismo, Jaime Okamura, ao Olhar Direto.
 
Também à reportagem, a assessoria de imprensa da Azul Linhas Aéreas, responsável por operar o voo, explicou que “aguarda a internacionalização do aeroporto de Cuiabá para iniciar suas operações entre a cidade e Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. A companhia tem a intenção de iniciar os voos em dezembro e as operações acontecerão com os modernos E-Jets da Azul, com 118 assentos e poltronas dispostas em 2×2”.
 
Além disto, a companhia acrescentou que “os Clientes ainda poderão aproveitar a viagem assistindo TV ao vivo e saboreando os famosos snacks da Azul e bebidas à vontade, sem custo adicional”.
 
Um dos motivos que estava ‘empacando’ a liberação do voo era a falta de efetivo da Polícia Federal no terminal. Os representantes do trade turístico e empresariado lamentaram a demora e a oportunidade perdida de já apresentar o produto na Expocruz, tradicional evento que acontece no país vizinho.
 
As viagens serão operadas pelas aeronaves modelo Embraer 195, com capacidade para até 118 passageiros e acontecerão, no primeiro momento, às quintas e domingos. Vale lembrar que este é um desejo antigo do governado Pedro Taques (PSDB), que tenta insistentemente colocar o voo internacional na capital mato-grossense.
 
Santa Cruz de La Sierra é maior e mais populosa cidade da Bolívia, com 1,7 milhão de habitantes, além de ser a mais importante do Departamento de Santa Cruz. Motor econômico do país, Santa Cruz de La Sierra é um polo petroquímico, com foco na produção e exportação de gás natural. A cidade também é conhecida por sua tradição gastronômica.

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento