Conectado por

Acre

PL que destina vagas em terceirizadas para mulheres vítimas de agressões é aprovado


Compartilhe:

Publicado por

em

O Projeto de Lei Nº 23 (PL), de autoria do vereador Eduardo Farias (PCdoB), que destina 10% das vagas de empregos às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar nas empresas prestadoras de serviços ao Município de Rio Branco, foi aprovado por unanimidade na sessão desta quinta-feira (14). O Projeto de Lei segue agora para sanção da prefeita Socorro Neri (PSB).

Eduardo Farias (PCdoB) comemorou a aprovação da matéria.

“É uma vitória muito grande. Principalmente daquelas mulheres que, muitas das vezes não são vistas, são invisíveis socialmente. Não tem voz e fica presa às vezes a um ciclo de violência doméstica, muitas das vezes porque depende do marido economicamente. Esse projeto vem para facilitar o acesso a uma renda familiar através de um emprego, mesmo que seja provisório, por meio de uma terceirizado ou cooperativa. E com aprovação desse projeto, a mulher já ganha um aspecto que ela pode se libertar desse ciclo de violência”, enfatizou.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *