Conectado por

Mato Grosso

Pendrive no bolso de paletó salvou advogado de facada em frente ao Fórum de Cuiabá


Compartilhe:

Publicado por

em

O advogado Weber Costa Baima, de 44 anos, acredita ter sido salvo de uma facada graças a ajuda de um pendrive e ‘obra divina’. Na última quarta-feira (30), ele sofreu uma tentativa de assassinato no estacionamento em frente ao Fórum de Cuiabá. Weber contou que a faca teve a lâmina quebrada ao atingir o pendrive que estava no bolso interno do paletó.

Após o susto, ele descartou qualquer ligação do crime com a sua profissão e assevera que o ato poderia ter acontecido com qualquer pessoa que estivesse no local naquele momento. 
 
Atuando há mais de 20 anos na profissão, Weber contou ao site Olhar Direto que nunca sofreu nenhum tipo de atentado. “Foi um rapaz que tem problemas mentais, poderia ter sido com qualquer um em qualquer lugar, mas foi comigo”, afirmou.

Weber relata que não costuma guardar o pendrive no bolso, mas que nesse dia ele acabou colocando antes de sair e atribui o livramento como “obra divina”, e ainda elogiou a atuação da Polícia Militar e da Polícia Civil. “A segurança do fórum é uma das melhores em relação a prédio público, me atenderam prontamente e prestaram toda assistência necessária”.

Um policial que viu o ocorrido agiu prontamente dando ordem para que o suspeito parasse. O suspeito que alegou não saber o próprio nome e não portava nenhum documento, foi preso e deverá responder por tentativa de homicídio qualificada por motivo fútil. Weber registrou boletim de ocorrência e passou por exame de corpo delito. De acordo com ele, ficou somente um hematoma no local.
 
“O atentado sofrido pelo advogado Weber Costa Baima na terça-feira (30 de outubro) ocorreu fora do Fórum de Cuiabá. Os policiais militares que realizam a segurança do Fórum agiram prontamente e prenderam o suspeito. O presidente do TJMT, desembargador Rui Ramos Ribeiro, tem empenhado esforços no sentido de ampliar as medidas de segurança nos fóruns de Mato Grosso, a exemplo da Portaria nº 1247/2018-DGTJ, que institui o Serviço de Controle de Acesso nas 79 comarcas do Estado”, informou a assessoria do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

No Fórum de Cuiabá, especificamente, está em funcionamento o uso de detectores de metais, sistema de monitoramento, cadastro de todas as pessoas que acessam a unidade judiciária, bem como a presença de policiais militares em todos os pontos de acesso ao local.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento