Conectado por

Featured

Pavimentação da BR-174 é indispensável para desenvolvimento de municípios do noroeste


Compartilhe:

Publicado por

em

Uma das principais rodovias do noroeste de Mato Grosso, a BR-174 até hoje não possui asfalto no trecho que passa pelo chamado Vale do Juruena. A via interliga os municípios Juína, Colniza, Aripuanã, Brasnorte, Castanheira, Cotriguaçu e Juruena,e no trecho de Castanheira a Aripuanã não possui pavimentação. Além de escoar a produção da região, com vocação agropecuária, a rodovia também é utilizada pela população com intenso tráfego de ônibus, ambulâncias e veículos de passeio.

O pecuarista do município de Juína, José Flávio Andreoli, explica que BR-174 é importante por ser a única rodovia para levar a produção tanto para região sul, quanto para os municípios acima de Juína. De acordo com o produtor, de Castanheira a Brasnorte a rodovia já é pavimentada.

No trecho de Castanheira até Aripuanã a situação é ainda pior. Segundo Andreoli, no período das chuvas ela fica intrafegável. “Chega na época das águas as vezes ela fica intrafegável, o frete encarece e muitas vezes as carretas e veículos ficam parados na estrada. É um problema aqui na região, até porque é a principal rodovia que temos”.

O pré-candidato Luciano Vacari explica que há muitos anos a BR-174 é pauta de reivindicação dos produtores e que a demanda se tornou ainda mais importante com a chegada na agricultura. 

“Os produtores da região estão investindo em novas atividades para agregar valor à produção, gerar renda e emprego. Mas o desenvolvimento completo requer investimentos em infraestrutura. Hoje vemos que esses municípios poderiam estar em melhores condições econômicas que a rodovia estivesse pronta. Do jeito que está, as indústrias não se instalam na região e a que estão aqui fecham as portas, como é caso do frigorífico de Juruena”, explica Vacari.

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento