Conectado por

Mato Grosso

Pastor é preso suspeito de estuprar 10 crianças em Várzea Grande


Compartilhe:

Publicado por

em

A Polícia Civil prendeu um pastor evangélico acusado de abusar de pelo menos 10 crianças e adolescentes, do sexo masculino, com idades de seis a 14 anos, em Várzea Grande. 

O suspeito, J.I.C., 53 anos, foi preso no Bairro Mangabeira, nesta terça-feira (28), em cumprimento de um mandado de prisão temporária (30 dias), pelo crime de estupro de vulnerável. 

A investigação foi realizada pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher da Criança e do Idoso da cidade. 

Segundo as investigações, o suspeito se valia da condição de pastor evangélico para conquistar a confiança dos pais e das crianças e, em seguida praticava atos sexuais.

Em outras ocasiões, praticava sexo com as crianças em troca de dinheiro, sempre pagando as quantias de R$ 20, R$ 25 e R$ 50 pelos favores sexuais.

“Até o momento sete crianças já foram identificadas e ouvidas na Delegacia, e confirmado os abusos sexuais realizados pelo pastor”, disse o delegado Cláudio Álvares Sant’Ana. 

Outras crianças serão ouvidas.  O delegado acredita que possa haver mais crianças vítimas. 

Umas das denúncias apuradas pela Polícia Civil chegou a Delegacia da Mulher de Várzea Grande em fevereiro deste ano.

A mãe de duas das vítimas – de 6 e 10 anos – relatou que notou comportamento estranho nos filhos e, ao indagar, um dos meninos revelou que ele e vários colegas foram molestados pelo pastor.