Conectado por
Governo de Rondônia

Turismo & Laser

Parque Nacional da Serra da Canastra

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Cachoeira Casca D’Anta e nascente do Rio São Francisco, além de grutas, lagos, flora e fauna riquíssimas e estradas de terra chacoalhantes. Esses são alguns dos ingredientes que enchem os olhos dos aventureiros quando o assunto é o Parque Nacional da Serra da Canastra

O parque está dividido em duas partes – a alta, com três portarias(São Roque de Minas, São João Batista e Sacramento); e a baixa, com uma portaria em São José do Barreiro.

São Roque de Minas é a “capital” da serra, próxima à maioria das atrações, da portaria principal (sete quilômetros) e com mais ofertas de pousadas e serviços. 

Apesar da infraestrutura de São Roque, o distrito de São José do Barreiro merece uma visita: é acesso mais próximo à cachoeira Casca D’Anta – cartão-postal e primeira e mais alta queda d’água do rio São Francisco, com 186 metros de altura. A nascente do rio fica no acesso à parte alta da cachoeira, e sua localização é marcada por uma estátua do santo.

Após o banho de cachoeira ou a visita à nascente, a dica é fazer um safári fotográfico pela estrada principal do parque para observar a flora e a fauna locais, que incluem espécies como lobo-guará, tamanduá-bandeira, orquídeas, bromélias e canelas-de-ema.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *