Conectado por

Agronegócios

Paraná bate recorde de abates de frango

Publicado por

em

O estado do Paraná bateu o recorde de abates de frango no ano de 2019, tendo abatido 1,87 bilhão de cabeças no ano passado, o que representa uma alta de 6,43% em relação ao registrado em 2018, informou o Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar). De acordo com o portal especializado da CarneTec Brasil, o resultado superou as expectativas da entidade, que estimava uma alta de até 6% na produção no ano passado.

Continua após a publicidade
<

“Apenas no mês de dezembro, foram abatidos 156,8 milhões de cabeças, aumento de 11,85% ante o mesmo mês de 2018. O Paraná continuou sendo o estado brasileiro líder em exportações de carne de frango em 2019, quando enviou 1,58 milhão de toneladas de carne de frango ao exterior, 38% do total exportado pelo Brasil no ano passado”, diz o portal.

Além disso, as informações do Sindiavipar indicam também que embarques paranaenses aumentaram em 4,71% em relação ao exportado em 2018. Nesse cenário, a expectativa divulgada ao final do ano passado de que a produção e a exportação de carne de frango do estado aumentem entre 4% e 6% em 2020.

“As peculiaridades que o planeta apresenta relacionadas a escassez de proteína animal favorecem o Brasil, pois somos grandes produtores, e especialmente o estado do Paraná”, disse o presidente do Sindiavipar, Domingos Martins, em nota divulgada pela entidade na segunda-feira (27.01).

Em níveis de Brasil, “para o frango vivo, portanto, o momento é extremamente delicado, visto que os anteriores excedentes agora se ampliaram, colocando em risco a estabilidade de preço do setor. Assim, os R$3,20/kg que servem de referencial ao mercado há mais de 60 dias perdem cada vez mais seu significado, pois os descontos aplicados sobre esse valor vêm se ampliando”, completa o AviSite.

FONTE: AGROLINK