Conectado por

Política

Orçamento impositivo: Bolsonaro e Alcolumbre discutem vetos


Compartilhe:

Publicado por

em

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recebeu na tarde desta segunda-feira (02/03/2020) o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). O encontro foi realizado no Palácio do Planalto.

Na reunião, foi discutida a votação pelo Congresso do veto presidencial ao orçamento impositivo, além dos atritos entre Executivo e Legislativo.

O encontro não estava previsto na agenda inicial de Bolsonaro e foi incluído por volta das 16h desta segunda. Segundo a atualização, participaram da reunião os ministros Paulo Guedes (Economia) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), além do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE).

No fim do ano passado, o Congresso aprovou uma proposta de emenda à Constituição (PEC) que aumentou o espaço dos parlamentares e reduziu o do governo para remanejamento de despesas, além de decidir o destino de R$ 30 bilhões de emendas do relator e de comissões – e também das individuais e de bancadas, que totalizam cerca de R$ 15 bilhões.

O presidente Bolsonaro vetou alguns trechos do orçamento impositivo. Em sessão conjunta marcada para esta terça-feira (03/03/2020), o Parlamento vai decidir se mantém ou derruba o veto. Se derrubado, o uso do dinheiro ficará por conta dos parlamentares.

Além disso, nas últimas semanas, Bolsonaro estaria divulgou um vídeo sobre a manifestação da extrema-direita contra o Congresso e o Judiciário. O movimento está marcado para o próximo dia 15 de março.

Antes do episódio, a relação com o Congresso já havia sido desgastada pelo ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, que chamou os parlamentares de “chantagistas”.

Segundo interlocutores próximos a Alcolumbre, a reunião desta segunda tinha como um dos objetivos “externar o descontentamento com o ministro e com ataques ao Congresso”.

FONTE: METROPOLES