Conectado por

Ji-Paraná

Operação Lei Seca reforça ações em Porto Velho e Ji-Paraná e condutores de veículos são flagrados sob efeito de álcool


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Agentes de trânsito do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) Rondônia em parceria com a Policia Militar realizaram a Operação Lei Seca na sexta-feira (26) e no sábado (27) nas cidades de Porto Velho e Ji-Paraná de forma simultânea onde foram flagrados 32 condutores de veículos sob influência alcoólica.

Em Porto Velho dos 16 condutores flagrados, seis foram autuados por crime, pois o teste do etilômetro comprovou resultado acima de 0,33 miligramas de álcool por litro de ar alveolar no organismo dos condutores e dez vão responder processo administrativo por estarem com teor alcoólico abaixo de 0,33 miligramas de álcool por litro de ar alveolar.

Em Ji-Paraná foram flagrados seis condutores com o teste de etilômetro acima de 0,33 miligramas e dez com o teor alcóolico abaixo de 0,33 miligramas. A equipe que trabalhou na regional de Ji-Paraná também realizou a ação “Duas Rodas, Uma só Vida” nos municípios de Teixeirópolis e Alvorada do Oeste, com foco exclusivo nos motociclistas que são as principais vítimas de acidentes no trânsito em Rondônia.

Fiscalização é intensificada pelo Detran para garantir maior segurança

O diretor técnico de Fiscalização e Ações de Trânsito (Dtfat) e coordenador da Operação Lei Seca no Estado, Welton Roney Nunes Ribeiro, ressalta que depois que a Lei Seca foi criada no Brasil, o número de sinistros de trânsito diminuiu consideravelmente.

Dados estatísticos do Anuário do Detran Rondônia comprovam que essa redução, mas a quantidade de mortes causadas por acidentes de trânsito aumentou.

O coordenador de Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito (Renaest), do Detran Rondônia, Iremar Torres Lima, afirma que o excesso de velocidade e embriaguez ao volante são os principais fatores que contribuem para os acidentes de trânsito graves e consequentemente para o aumento dos índices de mortes no trânsito no Estado.

Welton Ribeiro explica que o problema é que as pessoas sob efeito alcoólico acham que estão com os reflexos e reações normais; essa falsa sensação de bem estar e leveza é causada pelo álcool que leva ao excesso de confiança e a pessoa perde a noção do perigo e o resultado é sempre desastroso, ocasionando graves acidentes com mortes ou deixando pessoas sequeladas por um longo período ou para a vida toda.

“O Detran Rondônia tem feito um trabalho forte de educação, mas infelizmente têm aqueles condutores que insistem em não respeitar a legislação de trânsito. Ingerir bebida alcoólica e dirigir é uma delas, quem bebe e dirige comete crime”, disse Welton Ribeiro.

OPERAÇÃO LEI SECA

A Lei Seca foi criada no Brasil em 1988 e está inserida em um grupo de 32 países que tem tolerância zero para quem ingere álcool e dirige, a prioridade é salvar vidas no trânsito.

Rondoniadinamica.com

Publicidade
CRÉDITO JÁ - EMPRÉSTIMOS
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento