Conectado por

Saúde

OMS alerta que há crianças entre os mortos por coronavírus

Publicado por

em

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Gebreyesus, afirmou, em entrevista coletiva nesta segunda-feira (16/03), que há mortes de crianças por coronavírus. Apesar de ser uma doença particularmente perigosa para idosos, o órgão ainda não havia reconhecido casos de óbito infantil.

“Esta é uma doença séria. Embora a evidência que temos sugira que aqueles com mais de 60 anos correm maior risco, jovens, incluindo crianças, morreram”, afirma o diretor-geral.

Gebreyesus explicou que as medidas de isolamento social (como as adotadas no Brasil, com o fechamento de escolas e academias) são justificadas pela escalada de casos no mundo. A Itália, por exemplo, já registrou mais de 1,8 mil óbitos pelo coronavírus.

Ele disse ainda que é importante investigar todos os casos suspeitos. O órgão informa ter enviado 1,5 milhão de testes para 120 países.

“Não se pode combater um incêndio com os olhos vendados. Você não consegue parar essa pandemia se não souber quem está infectado”, alertou. “Temos uma simples mensagem para todos os países: teste, teste, teste. Testem todo caso suspeito. Se for positivo, isole e descubra a quem ele esteve próximo.”

FONTE: METROPOLES