Conectado por

Saúde

Oito alimentos que combatem o cansaço físico e mental


Compartilhe:

Publicado por

em

O cenário de pandemia e confinamento que assola o mundo há mais de um ano pode exigir um grande desafio mental e psicológico por parte de todos. Entretanto, poucos sabem que possuem aliados fortíssimos dentro de casa: os alimentos. Uma boa refeição pode gerar uma sensação de bem-estar quase que automaticamente, estando intimamente ligada ao humor.

De acordo com David Wiener, especialista em nutrição do Freeletics, aplicativo líder em exercícios físicos e estilo de vida com uso de inteligência artificial, é preciso enxergar os alimentos como muito mais do que algo para saciar a fome. “O que você come afeta a capacidade do seu cérebro de se manter ativo. A comida não serve só para alimentar seu corpo, você também precisa de certos nutrientes para permanecer mentalmente focado e alerta. Se ultimamente você anda se sentindo muito sonolento, cochilando na hora do almoço ou se anda bebendo mais café que o normal na tentativa de se manter acordado, está na hora de parar de jogar a culpa no clima ou na sua possível falta de sono”, alerta.

Ao invés disso, o especialista destaca hábitos alimentares que aumentam a eficiência dos nutrientes e cita oito alimentos energizantes como opções.

1. Abacate

Além de delicioso e versátil, o abacate também é extremamente energético. “Ele até pode ser bastante calórico, mas tem um alto teor de gordura saudável, incluindo ácidos graxos, ômega 3 e ômega 6, que combatem o colesterol ruim, aumenta o fluxo sanguíneo para o cérebro e ajudam o corpo a absorver outros nutrientes”, destaca Wiener. Além disso, o abacate tem mais proteína do que a maioria das frutas. “E já que a gente precisa de carboidratos, gorduras e proteínas para uma energia sustentável, é essa combinação de nutrientes que faz do abacate uma bomba energética”, ressalta.

2. Maçãs

As maçãs são um lanche impressionantemente energético. “O que poderia torná-las um pouco mais eficazes do que o seu pãozinho habitual é que elas fornecem calorias ao seu corpo: a principal fonte de energia que alimenta seu corpo e seu cérebro”, pontua o especialista. As maçãs também são ricas em frutose, o açúcar predominante encontrado nas frutas. “Como a frutose é a fonte preferida de energia do corpo, ainda que comer uma maçã pela manhã não te dê aquele impulso inicial que você está acostumado a sentir com uma xícara de café, ela vai te fornecer uma quantidade constante de energia para o seu cérebro e corpo por mais tempo, além de reduzir todas as sensações de fome que você possa vir a sentir mais tarde”, explica.

3. Grãos integrais e germinados

Ao contrário de açúcares simples, grãos integrais como arroz integral, aveia e trigo sarraceno são uma forma de carboidrato que o organismo quebra lentamente para convertê-los em energia, fornecendo uma fonte de energia constante em vez de um pico seguido de uma queda, que gera sonolência e cansaço. Além disso, os grãos germinados são ainda melhores. “Os grãos germinados são grãos integrais que foram encharcados e deixados germinar. O processo torna mais fácil para o corpo absorver os nutrientes que ele quer e precisa, fazendo com que as vitaminas B, C e folato sejam mais facilmente acessíveis ao organismo”, explica Wiener.

4. Nozes de macadâmia

Nozes de macadâmia – e a maioria das nozes e sementes – são alguns dos melhores lanches quando o assunto é vencer a fadiga e combater a fome. De 160 a 200 calorias em um punhado, as nozes de macadâmia são uma fonte concentrada de energia, contendo todos os macronutrientes principais, como proteínas, carboidratos e gorduras boas. “Mas não se esqueça que, embora as nozes sejam boas para você, elas também são uma bomba calórica e, portanto, devem ser comidas com moderação. Tudo o que você precisa é de um punhado para sentir seus efeitos energéticos”, alerta o especialista.

5. Mirtilos

Os mirtilos são super energizantes e podem até elevar a função cerebral, sendo uma ótima fonte de manganês, um elemento químico frequentemente encontrado em minerais combinados com ferro, que desempenham um papel importante na assistência a determinadas atividades metabólicas no corpo, como a conversão de carboidratos e gorduras em energia. Estudos também revelam que os mirtilos podem prevenir a perda de memória e o declínio cognitivo.

6. Matcha

Enquanto que uma xícara de chá verde extrai apenas alguns dos benefícios nutricionais disponíveis, o matcha é feito a partir de folhas de chá inteiras que foram moídas em um pó verde fino, contendo todos os minerais poderosos, antioxidantes e aminoácidos encontrados dentro da própria folha. Ao contrário do café, a cafeína no matcha é absorvida bem devagar, dando um impulso de energia sustentado e não apenas um pico de energia. “É a combinação de cafeína e l-teanina, um aminoácido raro, que resulta nos efeitos milagrosos, como o aumento da concentração e da atenção”, explica o especialista.

7. Macarrão Shirataki

Feito a partir de glucomanano, uma fibra que vem da raiz da planta de konjac que cresce no Japão, esta alternativa com baixo teor de carboidratos é composta por 97% de água. “Isso significa que você pode desfrutar do seu prato preferido de macarrão sem a necessidade de cochilar depois do almoço”, destaca Wiener.

8. Couve

A couve é uma das fontes de nutrientes mais ricas, repleta de vitaminas e minerais essenciais que o cérebro precisa. A couve é uma fonte vegetal de ferro, um nutriente necessário – especialmente para vegetarianos e veganos – para transportar oxigênio aos tecidos e células. Baixos níveis de ferro no corpo podem levar à exaustão e à sensação de cansaço. “Para aumentar a absorção de ferro da couve, consuma com uma fonte de vitamina C, como o suco de limão”, finaliza.

Sobre o Freeletics

O Freeletics foi fundado em 2013 com a missão de desafiar e inspirar as pessoas a se transformarem na melhor versão de si mesmas, tanto mental quanto fisicamente. Desde então, a empresa se tornou líder em coaching de treino e estilo de vida com uso de Inteligência Artificial (IA). Hoje o Freeletics conta com 51 milhões de usuários em mais de 160 países. O aplicativo Freeletics não é apenas o aplicativo fitness nº 1 da Europa, mas também oferece a mais avançada tecnologia de IA do mercado. Ele coloca um personal trainer no seu bolso, permitindo que você treine a qualquer hora, em qualquer lugar, com planos e exercícios super personalizados. Sua tecnologia de IA permite que o aplicativo aprenda com seus 50 milhões de usuários e seus feedbacks individuais, para atender a todos de forma personalizada. Assim, são desenvolvidas Training Journeys inteligentes e projetadas de forma exclusiva para cada usuário, até o último exercício.

Para mais informações sobre o Freeletics, acesse www.freeletics.com. Para baixar gratuitamente o aplicativo Freeletics, visite a App Store ou a Google Play Store. Para ganhar uma assinatura e testar o aplicativo, por favor, entre em contato.

(AI)