Conectado por

Religião

O Poder do Perdão


Compartilhe:

Publicado por

em

Sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros. Efésios 4:32

Um líder de uma igreja subterrânea na Romênia apresentou o seguinte relatório sobre um pregador daquele país, chamado Dimitri. Ele foi enviado para a prisão pelos comunistas por sua fé em Cristo. Na prisão, um carcereiro embrutecido espancava sua coluna com um martelo. Como resultado, ficou tetraplégico. Por anos ele ficou em sua cela sem receber a atenção necessária. Seus companheiros de prisão estavam do lado de fora fazendo trabalhos forçados.

Quando a mudança política ocorreu em 1989, Dimitri foi libertado e recebeu a permissão para retornar para a sua família. Um dia bateram na porta de sua casa. O comunista que havia arruinado a saúde de Dimitri estava na sua porta. Ele disse: “Não pense que eu vim para pedir perdão. Não existe perdão para o que eu fiz, seja na terra ou no céu. Você não é o único que eu torturei. Nem você, nem outro qualquer pode me perdoar, nem mesmo Deus: meu crime foi grande demais. Passei aqui para te dizer que sinto muito pelo que te fiz”.

Dimitri respondeu: “Em todos esses anos eu nunca lamentei não ter a capacidade de usar meus braços, como nesse instante agora. Eu gostaria de estendê-los carinhosamente e abraçá-lo. Tenho orado por você todos os dias, por anos. Eu amo você de todo meu coração. Eu já te perdoei”.

De certa maneira, o comunista estava certo: por nós mesmos nunca poderíamos encontrar a graça para perdoar nossos piores inimigos. Mas, se temos experimentado o perdão de Deus, nós obtemos tal graça. Leia Lucas 15:20-24.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *