Conectado por
Governo de Rondônia

Elza Amorim Carvalho

O frio da noite – Por Pra Elza Amorim Carvalho

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Mas, se andar de noite, tropeça, porque nele não há luz. João 11:10

É preciso muito mais que ter uma mera fé para poder suportar os açoites da aflição. 
É preciso ter atitude e querer acreditar no que não ver os olhos.

Viver pela fé é se transformar muitas vezes, em uma pessoa louca para tantas outras.  A verdade da cruz é loucura para os homens.

Os que vivem no materialismo, que buscam pelas coisas desta vida, não conseguirá enxergar as coisas dos céus.

Quem aplica o seu coração para adquirir as coisas que perecem, nunca terão forças para buscar pelas coisas do sobrenatural de Deus.

O fato de pertencer a uma Igreja, denominação, não identifica ninguém como filho de Deus,  religião não nos levar a lugar algum, o que nos conduz para Deus é o evangelho da verdade. 

É o arrepender-se de todo coração,  voltar-se, para Deus completamente,  mudar  a maneira de pensar, de agir, proceder como aqueles que almejam tocar nos céus. 
Como aqueles que têm o seu prazer nas Leis do Senhor,  como aqueles que buscam intensamente conhecer a Deus como Ele é.

No entanto,  as pessoas não querem se converter, até vem para Deus, mas querem permanecer da mesma forma. 

Se é para deixar a vida antiga, mas continuar com as mesmas práticas de outrora, do que valerá?

O evangelho é rendição, e mudança de vida, é pensamento novo, mente renovada, é o abandono ao velho homem que existe em nós. 
De que adianta dizer que é de Deus e não o conhecê-lo?
Quem conhece a Deus recusa, desaprova, expele de si, todas as práticas que são contrárias a vontade de Deus.

Quem de fato, não estiver firmado em Deus, não suporta os ais da tribulação. 
Quem não se entrega de verdade a Deus, não suporta os ardis ataques das trevas.
Quem não nasceu de novo, não agüenta aos bombardeios do mal. Quem tiver uma fé motivada pela vida de outros, não fica de pé nos dias de escuridão. Para permanecer fiel a Deus, tem que ter a sua própria experiência, e conservar intimidade com Ele.

A vida eterna não é uma farsa, uma brincadeira ou um faz de contas, quem quiser ter a vida eterna, tem que morrer para si mesmo, e viver para Deus. 
O frio da noite se aproxima,  trazendo consigo o cobertor das trevas, ou suportarmos as calamidades confiando no poder de Deus,  ou então nos renderemos ao aconchego do mal.

Se a nossa confiança em Deus, estiver apenas na aparência,  na superfície, vamos morre afogados pelas enchentes das trevas. 

Precisamos desesperadamente, nos aprofundar em Deus, nós, necessitarmos estar, todo o tempo com Ele. Ou realmente, nos convertemos a Deus, ou o inimigo nos arrastará para si. 

Temos duas escolhas, viver ou morrer. Ou nós morrermos para viver, ou vivemos para morrer, fazer de contas que se é Cristão só vai apressar a nossa condenação no dia do juízo de Deus.

Que nem mesmo as mais terríveis lanças das trevas,  consigam atravessar o nosso escudo da fé, genuína.
Busquemos a Deus enquanto podemos respirar, amanhã, pode não existir para nós.

Pra Elza Amorim Carvalho. 
[email protected]

# Repasse esta mensagem, # alguém precisa lê-la #.

(Senhor, na tua palavra está escrito, que tudo  o que pedirmos com fé crendo e em oração, receberemos, então pai, desce a tua espada e faça justiça sobre todos os que usam destas mensagens em negócios que não vêm de ti. Em nome de Jesus,  Amém)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *