Conectado por
Governo de Rondônia

Agronegócios

O Boletim do Leite do Cepea de agosto já está disponível

Publicado por

em


Continua após a publicidade

“Competitividade entre indústrias deve manter preço em alta em agosto”

A competitividade entre indústrias pelo leite deve manter o preço ao produtor em alta em agosto. Neste começo de segundo semestre, os fundamentos no mercado de leite permanecem praticamente os mesmos dos verificados na primeira metade do ano. A oferta de matéria-prima no campo segue baixa, ainda como reflexo de um 2017 ruim e de investimentos limitados na atividade. Somado a isso, a entressafra da produção no Sudeste e Centro-Oeste do Brasil e o atraso da safra de inverno no Sul também reduzem a oferta no campo.

“Altas se mantêm, mas com menor intensidade”

As cotações do leite longa vida e do queijo muçarela seguiram em elevação em julho, mas de forma menos acentuada. Isso ocorreu devido à normalização do cenário após o encerramento da greve dos caminhoneiros, que ocorreu no final de maio, e atrapalhou a logística de entrega dos produtos lácteos para os mercados atacadistas. O tempo frio e seco também prejudicou as pastagens, diminuindo a produção de leite no campo, reduzindo os estoques dos laticínios e influenciando os aumentos.

“Importações de leites em pó se elevam 61,7% e aumentam déficit na balança comercial”

A importação brasileira de lácteos em julho totalizou 117 milhões de litros em equivalente leite, alta de 43,4% frente a junho/18 principalmente devido ao aumento de 61,7% nas compras de leites em pó. Com a elevação das importações, a balança comercial de julho apresentou déficit de 114 milhões de litros de leite, 48% acima do verificado no mês anterior.

“Aumento da receita eleva poder de compra do produtor”

Apesar de os custos de produção registrarem altas sucessivas em 2018, a receita do produtor também está em forte elevação. Nesse cenário, há melhora das margens e, consequentemente, do poder de compra, melhorando a viabilidade da atividade leiteira

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *