Conectado por

Religião

O Balsamo do Corpo de Cristo – Por Ricardo Oliveira


Compartilhe:

Publicado por

em

Abraça-me Senhor com teu amor sublime, e com ele me faça abandonar em teus braços com confiança de quem se tornou uma criança pura de coração. Toca-me com teus lábios de versos, dando a minha alma a alegria de viver em Ti. Não posso amanhecer sem notar que o tempo não depende de quem sou, e sim de quem tu verdadeira és: o Corpo Eucarístico a se fazer presença real.

Sois o mistério mais lindo a entoar cânticos aos meus ouvidos, sempre me inspirando com seus ensinamentos no Evangelho, e como o Povo disse a Moises: “Faremos tudo o que o Senhor nos disse” (Ex 24, 3), também este é o desejo a se encontrar em meu íntimo. Prostro-me diante de teus olhos, observando o sacrifício a qual fizeste pela expiação dos meus pecados e os do mundo inteiro, sendo um servo a estar em prontidão e adoração.

E neste momento me pergunto: Que poderei retribuir ao Senhor Deus/ por tudo aquilo que ele fez em meu favor?/ Elevo o cálice da minha salvação,/ invocando o nome santo do Senhor (Salmo 115), e transborda a minha taça com o precioso sangue do Cordeiro! Assim gritarei meu Deus, o Salvador: Que minhas poesias sejam um louvor a te agradar e, a fé que possuo venha merecer o teu sorriso.

É em uma tenda […] maior e mais perfeita, que não é obra de mãos humanas, isto é, que não faz parte desta criação, e não com o sangue de bodes e bezerros, mas com o seu próprio sangue, ele entrou no Santuário uma vez por todas, obtendo uma redenção eterna (Hb 9, 11-12). Desta maneira, me apresentaste como o alimento do espírito, numa transubstanciação plena e cheia de sua ternura.

Prepara a Páscoa, Cristo, Pão descido do Céu! E manifesta na ceia da minha trajetória a sua beleza sagrada quando tomaste o pão, o partiu e entregou-o dizendo: “Tomai, isto é o meu corpo”. Da mesma forma, tomou o cálice, deu graças e entregou-lhes, e todos beberam dele (Mc 14, 23). Este é o balsamo derramado sobre minha cabeça, afim de que eu tenha a vida eterna.

Qual a sua intimidade com a Eucaristia?

A Coluna Versos Em Cristo traz a sensibilidade das poesias como belos cânticos a nos ajudar na nossa intimidade com o Mestre. Publicado de Segunda a Sexta no Jornal O Nortão.


          

www.jornalcontemplatio.blogspot.com.br

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *