Conectado por
Governo de Rondônia

Acre

Nova mutação do coronavírus já está em Cruzeiro do Sul, diz médica

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Prefeitura de Cruzeiro do Sul anuncia medidas para reduzir casos de Covid-19 na cidade

A nova cepa do coronavírus que circula em Manaus (Amazonas), segundo profissionais da saúde, já está em Cruzeiro do Sul. A informação foi da por uma médica que atua no Juruá e, para ela, esta seria a causa do contágio maior entre os jovens e aumento da gravidade dos casos e internações que vem ocorrendo no Hospital de Campanha da cidade. A afirmação é da infectologista Rita de Cassia Lima, que atua na saúde do Estado e do município.

Segundo a infectologista, a variante do vírus está levando pessoas jovens sem comorbidades direto para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “Na minha opinião, essa variante está causando todo esse aumento de gravidade dos casos, por isso a população precisa se cuidar e usar máscaras”, explica ela, lembrando que o Hospital do Juruá está com problema de falta de médicos e com baixa produção de oxigênio.

Barreiras sanitárias e desinfecção de espaços públicos

No período de 4 a 20 de janeiro foram confirmados 661 novos casos de Covid-19 no município. Esse aumento de casos motivou uma reunião realizada na manhã desta segunda feira, 25, na sede da Associação Comercial do Alto Juruá, entre o prefeito Zequinha Lima, secretário de Saúde, Agnaldo Lima, presidente da de Associação Comercial Luiz Cunha, representantes das forças de segurança e médicos.

Zequinha Lima anunciou que serão montados 4 barreiras sanitárias na cidade, com orientações e distribuição de máscaras e também a desinfeção de prédios públicos.

Na reunião, que contou com participação virtual do promotor de Justiça Ocimar Júnior, o prefeito esclareceu que ainda não vê a necessidade de decretar lockdown neste momento, mas destacou que a cidade está em alerta máximo, devido à ocupação dos leitos no Hospital de Campanha.

“Os números assustam e é por isso que estamos traçando medidas para evitar o avanço da Covid em nossa cidade. Dos 18 leitos de UTIs, 13 estão ocupados. Na enfermaria estão internados 42 pacientes, das 60 vagas. O hospital tem dificuldades para encontrar profissionais aptos, mesmo que tivesse mais leitos. Por isso, estamos pedindo ajuda dos empresários para não precisarmos tomar medidas mais radicais. Estamos pedindo a todos os cidadãos que usem máscaras, façam o distanciamento e usem álcool em gel. Também é importante que os comerciantes façam o controle da entrada e saída de pessoas nos seus estabelecimentos para que adotem as recomendações da saúde”, alertou o prefeito.

Zequinha Lima afirmou ainda que o município apoia o toque de recolher, decretado pelo Governo do Estado, que passa a valer a partir desta segunda-feira.

O presidente da Associação Comercial, Luiz Cunha, afirmou que a categoria está empenhada em cooperar na contenção da pandemia.

“Da parte da classe empresarial, estamos dispostos a colaborar. Estamos colocando as empresas à disposição, porque sabemos que o comércio é um espaço de grande circulação de pessoas e é necessária essa comunicação com os clientes para nos unirmos no combate à pandemia”, garantiu Cunha.

AC24HORAS