Publicada em 07/10/2013 às 00:12

Aripuanã: MT identifica potenciais turísticos para novo mapa do setor

Após a chegada, a equipe se reuniu com o prefeito Ednilson Faitta, o vice-prefeito Júnior Antonio Dalpiaz, e o vereador Luiz Leandro para informar sobre o remapeamento do Estado.

A equipe da Secretaria de Estado de Desenvolvimento do Turismo (Sedtur/MT) continua visitando os municípios da região Noroeste para apresentar o Programa de Regionalização do Turismo. Aripuanã, município conhecido por suas cachoeiras e Festival de Pesca, foi o destino do secretário Jairo Pradela, do interlocutor estadual Geraldo Lúcio e do técnico João Villa, na sexta-feira (04).

 

Após a chegada, a equipe se reuniu com o prefeito Ednilson Faitta, o vice-prefeito Júnior Antonio Dalpiaz, e o vereador Luiz Leandro para informar sobre o remapeamento do Estado. Nas visitas, eles orientam os representantes dos municípios com potenciais turísticos sobre o programa do Ministério do Turismo. Abordam o Turismo Rural, que abrange boa parte destas cidades, e do Cadastur, uma ferramenta aliada do profissional e empresas de Turismo.

 

“Nosso trabalho é para inserir os municípios e organizar a cadeia produtiva tanto do turismo municipal como do estadual. A idéia é deixar cada cidade apta a buscar orçamento efetivo junto ao Ministério do Turismo”, assinalou o secretário. Segundo ele, o que falta é infraestrutura, mas não só em Aripuanã. Diante disso, há necessidade da integração e, principalmente, das visitas à base.

 

O prefeito de Aripuanã reforçou que a cidade é rica em potencial turístico e que a logística inviabiliza os investimentos no setor. Agora com a iniciativa do Governo do Estado de identificar os potenciais in loco, trazer um novo sistema de gestão e com o MT Integrado, programa que está levando o asfalto até o município, o turismo regional vai tornar-se mais conhecido.

 

Bem estruturada, Aripuanã tem a oferecer ao turista um dos maiores festivais de pesca de Mato Grosso, belíssimas cachoeiras, trilhas pela floresta, esportes radicais, a cultura indígena e ainda observação de aves.

 

NOVO MAPA

O Remapeamento do Estado é a construção do mapa do turismo, com o máximo de informações a serem inseridas no Sistema de Gestão do Turismo. Farão parte municípios que tenham programas, projetos e atividade junto à Sedtur. As cidades são divididas nos quatro polos: Pantanal, Amazônia, Cerrado e Araguaia e ainda em 15 microregiões. 

 

A entrega do novo mapa será feito no dia 04 dezembro 2013, em Brasília. 

Autor: SÍLVIA DEVAUX
Fonte: Secom-MT

Comente com o Facebook