Conectado por

Mato Grosso

Nos bastidores, sexo seria o motivo do descontentamento de Dilmar

Publicado por

em

O deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM), teria pedido para deixar a liderança do governador Mauro Mendes (DEM), e também o partido, pois nos bastidores comentava-se que ele estaria inconformado com a exoneração do presidente do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea/MT), Luiz Fernando da Silva Flamínio, oficializada no final de abril.

Continua após a publicidade

Acontece que o indicado do Dilmar teria sido flagrado fazendo sexo dentro do gabinete, o que motivou a exoneração do cargo preenchido por indicação política e não por critérios técnicos ou merecimento. Dessa forma, a repercussão da possível saída de Dilmar da liderança do Governo, por supostamente, discordar da exoneração, não foi nada favorável ao deputado.