Conectado por

Aripuanã

Nexa e Prefeitura de Aripuanã assinam aditivo para continuidade dos Centros de Apoio ao Migrante


Compartilhe:

Publicado por

em

O espaço oferece serviços de acolhimento e encaminhamentos ao mercado de trabalho

A Nexa e a Prefeitura de Aripuanã, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMUAS), assinaram na segunda quinzena de novembro, o Termo Aditivo de Cooperação visando à continuidade das ações desenvolvidas nos Centros de Apoio ao Migrante (CAM) até o final de 2021. A iniciativa tem por objetivo prestar orientação e acolhimento aos migrantes que chegam ao município em busca de colocação profissional, além de servir como uma ponte de interlocução com a rede de assistência social e demais políticas públicas do município. Os Centros estão localizados em pontos de fácil acesso – um no Terminal Rodoviário e outro em frente à Praça São Francisco de Assis. As atividades são realizadas desde o segundo semestre de 2019 no município.

O relacionamento entre os poderes públicos, iniciativa privada e sociedade civil organizada privilegiou até o momento 121 pessoas, entre homens e mulheres em situação de migração e imigração. Dentre as ações desenvolvidas, o projeto conta com a instalação de duas unidades, propiciando condições de dignidade e segurança de acolhida, partindo da inclusão social através de apoio técnico e operacional dos profissionais envolvidos, respaldados nos direitos e obrigações da Constituição Federal.

A secretária municipal de assistência social, Maria do Carmo Vieira Ferreira, disse que os Centros de Apoio ao Migrante têm ajudado a comunidade local em ações articuladas das necessidades de acolhimento. Segundo ela, a proposta é dar prosseguimento nas atividades para o próximo ano. “Estamos felizes com a continuidade das atividades locais. O objetivo principal é prestar um atendimento personalizado e ajudar a resolver os problemas com eficácia e humanidade”, comemora.

O consultor de Relacionamento Institucional da Nexa, Sérgio Oliveira, considera que é comum, especialmente na fase de implantação de empreendimentos de mineração, a atração de mão de obra de outras localidades, aumentando o fluxo de pessoas em busca de oportunidades no mercado de trabalho local. “A Nexa está ampliando a oferta de empregos em Aripuanã. Com isso articulou junto ao Poder Público Municipal ações e serviços necessários ao acolhimento e direcionamento dos migrantes que chegam a Aripuanã em busca de oportunidades de trabalho proporcionadas pelo Projeto Aripuanã”, afirma.

Os principais serviços prestados são: cadastramento, acolhida e orientação aos migrantes, através de equipe técnica; encaminhamentos para a rede socioassistencial municipal e demais políticas públicas; fornecimento de passagens rodoviárias para o regresso do migrante à sua cidade natal; encaminhamento ao Sine de todos os participantes que almejam as vagas de emprego ofertadas no município.

Serviço – os Centros de Apoio ao Migrante (CAM) estão localizados e atendendo nos seguintes horários:

CAM Unidade Terminal Rodoviário: de segunda a sexta-feira, das 07:00 às 11:00h e das 13:00 às 17:00h; aos sábados das 07:00 às 11:00h.

CAM Unidade Praça São Francisco de Assis: de segunda a quinta-feira, das 07:00 às 13:00.

Assessoria